Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Marquinhos ‘fura fila’ no Fluminense e recebe elogios de Fernando Diniz

Atacante marca seu primeiro gol com a camisa tricolor e aparece como boa opção no sistema ofensivo para sequência do ano

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Lucas Merçon/Fluminense
Foto: Lucas Merçon/Fluminense Foto: Lucas Merçon/Fluminense (Jogada 10)

Com oito desfalques em quase todos os setores do time, Fernando Diniz decidiu abrir espaço para um dos seus reforços para esta temporada. Assim, Marquinhos, que levou a melhor na disputa com Douglas Costa e foi titular no empate com o Alianza Lima por 1 a 1, no Peru. Mais que isso, o atacante de, 1,75 m, se movimentou bem e marcou o gol que deixou tudo igual, de cabeça.

Antes da Data Fifa, o jogador aparecia apenas como a terceira opção para o sistema ofensivo, atrás do titular Keno e de Douglas Costa. Na semifinal do Carioca, diante do Flamengo, chegou a atuar como lateral, porém começa a despontar como boa opção no ataque. Essa polivalência também chama a atenção de Fernando Diniz para a sequência da temporada.

Na disputa com Douglas Costa, Marquinhos levou a melhor desta vez também pela capacidade de recomposição e juventude. Outro ponto importante, aliás, é que o camisa 90 voltou recentemente de lesão e, por opção de Diniz, ficou como opção no banco e entrou no segundo tempo.

“Estou muito feliz. Estava trabalhando para isso. Feliz por fazer o primeiro gol com essa camisa e seguir ajudando cada vez mais o Fluminense. […] Desde o primeiro contato, ele (Fernando Diniz) deixou claro que eu tinha características para atuar em outras posições. Isso é bom porque aprendi a atuar em diversas partes do campo. Estou muito feliz de estar aqui e trabalhando com o Diniz”, disse.

Publicidade

Elogios do comandante

Na coletiva de imprensa, Fernando Diniz elogiou o posicionamento e percepção do atacante na área, ao ficar sozinho e cabecear para o fundo da rede. Quando o Fluminense passava por aperto e corria risco de voltar para casa sem pontuar, o jogador fez o gol salvador.

“Foi uma percepção do Marquinhos. Estava muito bem no jogo. Estava com confiança e percebeu o espaço. No fundo o cruzamento era mais direcionado para o Lelê do que para ele. E o Lelê atrai a marcação e ele acaba entrando no espaço e fazendo o gol”, analisou.

Publicidade

Dessa forma, o Tricolor volta a campo pela competição internacional na próxima terça-feira (9), às 21h, no Maracanã. Por fim, o adversário é o Colo Colo, que estreou com vitória simples sobre o Cerro Porteño. O time chileno é o líder do Grupo A após a primeira rodada.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.