Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Marcelo Teixeira diz que Santos vai jogar final do Paulistão em São Paulo

Presidente do Peixe quer mando de campo da equipe na capital e diz que está correndo para resolver o transfer ban sofrido pelo clube...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Santos
Foto: Divulgação/Santos Foto: Divulgação/Santos (Jogada 10)

O Santos bateu o RB Bragantino por 3 a 1 nesta quarta-feira (27), na Neo Química Arena, e avançou para a grande final do Campeonato Paulista. Após lotar o estádio em Itaquera, a dúvida para a decisão fica para o local onde o Peixe vai mandar o seu jogo. Mas, se depender do presidente do clube, Marcelo Teixeira, a partida será na cidade de São Paulo.

“Vamos aguardar a definição de quem será o finalista. Teremos a reunião na sexta na Federação Paulista, me parece que o Novorizontino faz questão de jogar na sua casa, o Palmeiras idem. Temos que aguardar o outro finalista para resolvermos bem essa situação. O Santos, se puder fazer essa decisão antecipada, vamos fazer desde já e vamos jogar em São Paulo”, disse Marcelo Teixeira, na saída da Neo Química Arena.

Aliás, o Peixe enxerga seus jogos na capital como um case de sucesso. Até aqui, foram duas partidas na cidade de São Paulo. A primeira no Morumbis, diante do São Bernardo, com mais de 50 mil pessoas nas arquibancadas. Já contra o RB Bragantino, em Itaquera, 44 mil torcedores estiveram presentes e registraram o maior público da Neo Química Arena em 2024.

Caso o Palmeiras seja o vencedor da semifinal desta quinta-feira (28), o Santos mandará a primeira partida da decisão. Se o Novorizontino sair vitorioso, o duelo com mando do Peixe será o segundo. Até lá, o mandatário santista segue reforçando seu desejo de atuar na capital.

Publicidade

Marcelo Teixeira também esclarece transfer ban no Santos

Além disso, o presidente do Santos esclareceu que vai pagar a dívida com o Krasnodar, da Rússia, em relação ao meio-campista Cueva. Afinal, o Peixe sofreu um transfer ban nos últimos dias por conta desta falta de pagamento e está impedido de registrar novos jogadores.

“Nós vamos pagar. Vamos acertar e vamos pagar. Não temos o prazo, mas estamos reunindo. Mais uma vez vai prejudicar bastante o orçamento, que já está demais comprometido. Mas não há alternativa. Temos que saldar esse compromisso. Cumprir a obrigação. Vamos cumprir e vamos pagar. “, finalizou Marcelo Teixeira.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.