Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Marcelo Moreno escreve carta e relembra passagens pelo Cruzeiro

Um dos maiores ídolos recentes do clube, atacante vai se despedir da torcida neste domingo, antes da decisão do Mineiro contra o Atlético...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação / Cruzeiro
Foto: Divulgação / Cruzeiro Foto: Divulgação / Cruzeiro (Jogada 10)

A despedida de Marcelo Moreno pelo Cruzeiro está prestes a acontecer. O jogador será homenageado antes da grande final do Campeonato Mineiro diante do Atlético, no domingo, no Mineirão. No entanto, nesta sexta-feira, o jogador, de 36 anos, escreveu uma carta de despedida à Raposa e à torcida ao “The Players Tribune”. Ele citou as passagens que teve no clube e destacou o pior momento.

“Em minha terceira passagem pela Toca, vivi coisas que ninguém seria capaz de imaginar. E o que encontrei era bem pior do que eu imaginava. Um clube gigante, cheio de conquistas e ídolos no passado, que mal tinha jogadores para completar um treino no início da temporada”, escreveu.

No texto, o boliviano explicou os motivos que o fizeram retornar ao Cruzeiro em 2020, ano em que o clube celeste jogou pela primeira vez a segunda divisão do Brasileiro. Anteriormente, ele estava no futebol chinês.

“Certa vez, quando jogava na China e vim passar férias em BH, eu tive a chance de me juntar a vocês para assistir a um jogo na arquibancada do Mineirão. Foi o dia em que entendi totalmente o que é ser cruzeirense. (…). Hoje me dou conta de que, ao abrir mão do melhor contrato da minha carreira, na China, para voltar ao Cruzeiro no pior momento da história do clube, quatro anos atrás, quem falou mais alto foi meu lado torcedor. Era uma situação de vida ou morte. Não fosse a torcida, que jamais abandonou o barco, o time poderia ter acabado ali”, escreveu o atacante, que atuou em times como Changchun Yatai, Wuhan Zall e Shijiazhuang Ever Bright na China.

Publicidade

Moreno volta ao Cruzeiro após jogar no Flamengo

Marcelo Moreno atuou no Vitória, da Bahia, antes de chegar ao Cruzeiro. Em 2007, foi contratado pela Raposa e fez história. Em um ano, disputou 36 jogos e marcou 21 gols. Posteriormente, em 2008, foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 9 milhões de euros.

O atacante volta ao Cruzeiro para sua segunda passagem em 2014. Apesar de ser campeão da Copa do Brasil pelo Flamengo no ano anterior, não teve boa performance no Rubro-Negro. Mas tudo mudaria na Raposa. Foram 52 jogos, 23 gols e três assistências, contribuindo e muito para o título de Campeão Brasileiro.

Publicidade

“Naquela época, o Cruzeiro era o atual campeão brasileiro. Jogava o melhor futebol do país e tinha um elenco maravilhoso, com diversas opções no ataque. Juro que nem acreditei ao receber uma ligação do meu empresário dizendo que o Alexandre Mattos queria fazer uma proposta para que eu voltasse ao clube. A verdade é que eu não tinha feito uma boa temporada no ano anterior. Tenho certeza que foi uma oportunidade de ouro que Deus colocou em meu caminho, e eu não precisei pensar duas vezes para aceitar”, declarou.

Já em 2020, voltou à Raposa após o rebaixamento para a Série B. Aliás, na ocasião, com vários problemas financeiros que o clube vivia, o jogador emprestou R$ 18 milhões para a agremiação.

Publicidade

Cruzeiro e Atlético-MG decidem neste domingo o Campeonato Mineiro, às 15h30 (de Brasília). A primeira partida acabou empatada em 2 a 2 na MRV Arena.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.