Jogada 10 Marcelinho posta vídeo com a família após sequestro: ‘Bom estar de volta’

Marcelinho posta vídeo com a família após sequestro: ‘Bom estar de volta’

Em publicação em suas redes sociais, durante a madrugada desta terça-feira (19), Marcelinho Carioca agradeceu apoio de familiares e...

Jogada 10
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Jogada 10

O ex-jogador Marcelinho Carioca postou um vídeo em suas redes sociais, na madrugada desta terça-feira (19), ao lado de seus familiares. Na publicação, o comentarista esportivo comemorou o fato de estar de volta aos seus familiares e agradeceu o apoio que recebeu de amigos após sequestro.

“Que bom estar de volta em casa, do lado de pessoas que realmente a gente ama. Toda minha família aqui me esperando, torcendo por mim”, disse o ex-jogador, ídolo do Corinthians.

Aliás, no vídeo, Marcelinho disse que a mulher que estava com ele era sua amante. A versão, todavia, foi desmentida em coletiva de imprensa após ser encontrado pela polícia e reforçada no vídeo publicado nesta madrugada.

“Eu agradeço a Deus pela minha vida, pela vida da minha amiga, da Thais, que está agora ao lado dos seus dois filhos, ao lado das pessoas que amam ela, que ela é uma mulher digna, correta”, disse.

“Gente, se você está com um revólver apontado na sua cabeça e você é coagido a fazer um vídeo daquele, não tem como, você vai pensar na sua vida. Eu fui obrigado a fazer aquele vídeo”, acrescentou.

Marcelinho Carioca conta como ocorreu o sequestro

O ex-atleta, aliás, ainda detalhou o momento do sequestro. Ele explicou que três suspeitos armados o abordaram nas proximidades de um baile funk.

“Aconteceu toda essa fatalidade, esse desespero, esse sequestro relâmpago. Duas, três ruas acima [de onde encontrou Thais], [tinha] aquele baile funk, o fluxo, passando várias pessoas. Quando eu saí para cumprimentar todo mundo, já vieram três armados e todos desesperados, já colocando pessoas dentro do carro”, disse ele.

Ela, afinal, explicou a situação dentro do cativeiro. “Depois teve tudo que aconteceu dentro do cativeiro, desesperador, mas Deus deu a segunda oportunidade para a gente. E o mais importante é que eu estou aqui, ao lado dos meus filhos. O mais importante é que a Thais está lá, na casa dela, com a família dela também. Obrigado, gente, pelas orações, pela torcida, por todo o carinho”, concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas