Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Mano Menezes aparece no BID e pode estrear pelo Fluminense

Técnico foi apresentado nesta quarta-feira pelo Fluminense e já encara o Inter na próxima quinta, no Maracanã

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Lucas Merçom/ Fluminense F.C.

Mano Menezes já pode fazer sua estreia pelo Fluminense. Afinal, o nome do treinador apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na tarde desta quarta-feira (3).

Dessa maneira, Mano Menezes vai reencontrar um ex-clube logo em sua primeira partida. Nesta quinta-feira (4), o Fluminense encara o Internacional, no Maracanã, às 20h (de Brasília), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O novo treinador foi anunciado na última segunda-feira para tentar tirar o Tricolor da lanterna do Brasileirão. Atualmente, a equipe soma apenas seis pontos em 13 partidas disputadas.

Publicidade

Mano fala como será o Fluminense sem Diniz

Nesta quarta, ele foi apresentado como novo comandante do Fluminense. Na tradicional entrevista coletiva, o profissional explicou de que forma pretende mudar o estilo de um elenco, que estava acostumado a uma maneira de jogar ao longo de dois anos e dois meses com Fernando Diniz.

Publicidade

“Bom, eu não sei o número de técnicos que nós temos no Brasil, mas tenho certeza absoluta que todos eles que chegassem para substituir o Diniz mudaria o jeito de jogar, porque o jeito de Diniz é único. Então com pequenas alterações, com maiores ou menores, certamente nós teremos uma mudança de jeito de jogar”, explicou.

“Ela não vai acontecer com uma ruptura muito grande da noite por dia, porque dois anos, dois anos e meio de trabalho, se fixa uma ideia e essa ideia se tornou vencedora dessa maneira, então ela fica mais ainda na cabeça dos jogadores, no comportamento dos jogadores”, completou.

“Mas como no futebol a dureza é sempre iminente, daqui a pouco as coisas não funcionam tão bem como funcionaram antes, você procura um pouco. De explicação, nem as encontra tão objetivamente, que são as mesmas pessoas, são os mesmos jogadores, mas muda. Porque a cabeça do ser humano muda. O que eu pensava no ano passado não é exatamente o que eu penso neste ano. O que os jogadores pensavam não é exatamente o que eles pensam hoje. Você vai alterando porque é assim que funciona”, acrescentou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.