Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Maçarico ligado: Calor no Maracanã, neste domingo, beira o insuportável

Domingo tem recorde de sensação térmica no Rio e jogo acontece no meio da tarde, com calor infernal e sol 'torrando' jogadores e torcedores...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Lucas Bayer / Jogada10
Foto: Lucas Bayer / Jogada10 Foto: Lucas Bayer / Jogada10 (Jogada 10)

Maracanã está uma fornalha. O Rio de Janeiro teve recorde de sensação térmica neste domingo (17/3), com o Sistema Alerta Rio marcando 60,1 graus em Guaratiba, na zona oeste. O máximo registrado até então havia sido 59,7 graus em novembro de 2023. E eis que, apesar do calor infernal, o jogo do Nova Iguaçu contra o Vasco, no Maracanã, acontece no meio da tarde, com o sol castigando jogadores e torcedores.

A situação está tão complicada no estádio que a partida que define o rival do Flamengo na final tem duas – e não apenas uma – parada técnica para hidratação. Assim, em cada tempo, a partida é paralisada aos 15 e aos 30 minutos, para que os atletas possam beber água e (tentar) se refrescar.

Torcedor relata que pessoas passaram mal

O torcedor Lucas Soares, de 21 anos, disse que só foi ao estádio porque é “Vasco acima de tudo”. Entretanto, ele optou por uma camiseta, sem mangas, para suportar o forte calor. Além disso, mandou um recado:

“Tem que se hidratar. Já teve gente passando mal aqui”, disse.

Publicidade

Calor superaquece motor de elevador

O calor no estádio é tão intenso que um dos elevadores destinados à imprensa teve um superaquecimento do motor. A administração do Maracanã informou que providenciou o reparo e o equipamento voltou a funcionar.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.