Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Lucas Villela projeta ‘final antecipada’ da Premier League na Armênia

Confronto entre Pyunik e Noah tem potencial de encaminhar título nacional

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Pyunik Yerevan

Neste fim de semana, os olhos do mundo estavam voltados para a Premier League inglesa onde o Manchester City confirmou o tetracampeonato na última rodada. Entretanto, existe outra Premier League no futebol europeu que também vive sua reta final de disputa: a armena.

A competição nacional em questão está acirrada onde dois clubes disputam o título na temporada 2023/2024. São eles o Noah, líder com 77 pontos, e o Pyunik, clube onde atua o brasileiro Lucas Villela, que tem somente um ponto a menos. Restam duas rodadas para o fim da competição.

Por conta de tal equilíbrio, o embate da próxima terça-feira (21), entre os postulantes a conquista, se tornou uma verdadeira final antecipada. Desse modo, Lucas espera um alto grau de dificuldade em duelo que acontecerá na casa do Pyunik, o Junior Sport Stadium.

Publicidade

O meio-campista destacou o trabalho durante a semana na preparação da equipe. Principalmente, em relação ao foco na máxima diminuição possível de erros para estar mais próximo do resultado positivo:

“Com certeza, será um jogo complicado, tendo todo o peso de uma final antecipada do campeonato. Afinal, quem vencer esse jogo, irá pra última rodada com grandes chances de título. Estamos focados em realizar uma boa preparação pra esse jogo. Junto ao treinador, todos do grupo estão se policiando e ajudando para diminuir as chances de erro”, detalhou Lucas Villela.

Publicidade

Busca por importante feito individual

Caso consiga a reversão do atual contexto nas rodadas decisivas da Premier League Local, Lucas conseguiria o seu terceiro título de nível nacional no Leste Europeu. De formação e profissionalização no Red Bull Brasil, ele está na região desde 2017. Antes do Pyunik, seu único clube até então na Armênia, ele defendeu Stumbras (Lituânia) além de três clubes na Letônia: Ventspils, Rigas e Liepaja. Lá, foi campeão da Liga Letã e da Copa Letã, ambos pelo Rigas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.