Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Logística complicada! Cruzeiro planeja fretar voos para jogos da Sul-Americana

Cruzeiro fará jogos no Equador, Colômbia e Chile pela competição sul-americana. Primeiro jogo será em Quito, no início do mês de abril...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Fotos : Staff Images / Cruzeiro
Fotos : Staff Images / Cruzeiro Fotos : Staff Images / Cruzeiro (Jogada 10)

O Cruzeiro conheceu na noite da última segunda-feira (18) os seus adversários na fase de grupos da Sul-Americana. Afinal, a Conmebol sorteou as chaves em sua sede, em Luque, no Paraguai, e o Cabuloso vai enfrentar o Unión La Calera (CHI), Universidad Católica (EQU) e Alianza FC (COL).

Assim, o Cruzeiro vai ter uma maratona de jogos a partir do mês de abril, logo após a parada da Data Fifa. E a estreia na competição continental acontece justamente entre as finais do Campeonato Mineiro com o Atlético-MG. Por conta disso, a diretoria estuda fretar voos para os duelos fora de casa.

O primeiro jogo pela Sul-Americana será em Quito, contra a Universidad Católica, na primeira semana de abril. Por conta da logística, a Raposa pensa em fretar voo para a capital do Equador para diminuir o tempo de viagem e o desgaste dos jogadores, uma vez que há voos que superam as dez horas, com paradas no Panamá ou Colômbia.

“Voos fretados têm que estar no planejamento. Não pode fazer de modo perdulário, temos que ter muito cuidado com orçamento no Cruzeiro. Mas é algo que a gente precisa cogitar, porque eu vejo ganhos de performance a partir deste tipo de atitude”, informou o gerente de projeto do futebol do Cruzeiro, Bruno Pessotti, ao “canal Samuel Venâncio”.

Publicidade

VEJA TAMBÉM: Cruzeiro derrota o Tombense e volta à final do Mineiro

O Cruzeiro volta a atuar fora de casa no fim de abril, quando vai ao Chile enfrentar o La Calera, na semana dos dias 23 a 25. A equipe joga a 90 km de Santiago. Assim, a delegação precisa pegar um voo até a capital e se deslocar até a cidade por via terrestre.

Publicidade

Logística mais complicada do Cruzeiro é para a Colômbia

No entanto, a logística mais complexa é no terceiro jogo fora de casa, diante do Alianza FC. Isso porque a equipe mudou de sede na Colômbia e atua, agora, na cidade de Valledupar, no nordeste do país, que fica mais perto da fronteira com a Venezuela.

Dessa forma, o Cruzeiro terá que pegar um voo para Bogotá e, em seguida, outro para a cidade do Alianza, que fica a cerca de 850 km da capital do país. Um voo fretado, contudo, pode facilitar o trajeto dos jogadores da Raposa.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.