Jogada 10 Liverpool goleia Chelsea em dia de gala de Bradley

Liverpool goleia Chelsea em dia de gala de Bradley

Revelação faz gol e dá duas assistências no 4 a 1 dos Reds, folgados na ponta, sobre os Blues. Núñez ainda perdeu pênalti e meteu 4...

Jogada 10
Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images

Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images

Jogada 10

Com grande atuação do norte-irlandês Conor Bradley, de apenas 20 anos, o Liverpool goleou o Chelsea nesta quarta-feira (31/1), por 4 a 1,  pela 22ª rodada do Campeonato Inglês. Afinal, além de ótimas jogadas pela direita do ataque, o garoto deu a assistência para o primeiro gol, de Jota. Depois, Bradley fez o segundo dos Reds. E deu a assistência para o terceiro, de Szoboszlai. O quarto foi do colombiano Luis Díaz. Mas o Liverpool ainda desperdiçou um pênalti, com Darwin Núñez (que não fez gol e meteu quatro bolas na trave). Nkunku descontou para os Blues.

Com mais esta vitória, o Liverpool segue na liderança, com 51 pontos (o City tem 46 e um jogo a menos). Contudo, o Chelsea está lá atrás; Com 31 pontos, em décimo lugar.

Veja aqui a tabela de classificação do Campeonato Inglês

Conor comanda o Liverpool no 1º tempo

O primeiro tempo foi um baile do Liverpool. O Chelsea teve apenas um único ataque perigoso. Já o Liverpool detonou: 15 finalizações a uma. Além de 55% de posse. Não saiu para o intervalo com uma goleada por causa de três excelentes defesas de Petrovic e a má pontaria de Darwin Núñez. Afinal, o uruguaio perdeu três oportunidades claras (duas na trave). Além disso, ainda desperdiçou um pênalti (mandou na trave!) nos acréscimos do primeiro tempo, quando o jogo estava 2 a 0.

Os gols saíram com o protagonismo de Bradley. Aos 22, o garoto iniciou a jogada tocando para Diogo Jota. O português dominou, avançou, passou pelo meio dos zagueiros, entrou na área e fez 1 a 0. Aos 39, Luis Díaz puxou a bola pela esquerda e rolou para Bradley. Ele dominou, entrou na área e chutou rasteiro e cruzado, sem chance para Petrovic.

Núñez, quatro bolas na trave, mas passe para gol

No segundo tempo, o Liverpool seguiu dominante. Dessa forma, ampliou aos 18 em nova jogada de Bradley. Ele recebeu lançamento excelente de Van Djik da zaga esquerda até a ponta direita. Dominou, foi ao fundo e cruzou para Zsoboszlai, de cabeça, fazer 3 a 0. O Chelsea diminuiu com Nkunku, aos 26 (deixou Van Djik perdido). Mas parou por aí. Já o Liverpool, acertou mais uma na trave. Claro, com Darwin Nuñéz hat-trick nos postes. Porém, o time da casa conseguiu ampliar, com Luiz Díaz, em belo cruzamento de Darwin Núñez.

Jogos da 22ª rodada do Campeonato Inglês

Terça-feira (30/1)
Nottingham Forest 1×2 Arsenal
Luton Town 4×0 Brighton
Fulham 0x0 Everton
Crystal Palace 3×2 Sheffield United
Aston Villa 1×3 Newcastle
Quarta-feira (31/1)
Manchester City 3×1 Burnley
Tottenham 3×2  Brentford
Liverpool 4×1 Chelsea
Quinta-feira (1/2)
West Ham x Bournemouth – 16h30
Wolverhampton x Manchester United – 17h15

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas