Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Lima critica árbitro e analisa atuação do Fluminense: ‘Conseguimos acelerar o jogo’

Jogador volta a ressaltar que pode atuar em mais de uma função no meio de campo tricolor e recebe elogios do técnico Fernando Diniz...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

- Foto: Lucas Merçon/Fluminense (Lucas Mercon)

O Fluminense bateu o Alianza Lima (PER) por 3 a 2 e encerrou a fase de grupos da Libertadores, de forma invicta. Em campo, o time passou por apuros ao ficar em desvantagem duas vezes no placar, porém conseguiu virar e ficar com os três pontos. Na coletiva, Lima destacou que a equipe conseguiu acelerar o jogo, conforme pedido pelo técnico Fernando Diniz, e reclamou do árbitro Esteban Ostojich (URU).

“Um time bem complicado de jogar, se defende bastante. Como foi contra o Cerro (Porteño), no Maracanã, tem que se movimentar bastante, eles têm jogadores dedicados na marcação. Feliz pela vitória. Conseguimos acelerar o jogo como o professor pediu para buscarmos essa vitória.”, disse.

“Algumas faltas que ele não deu, reclamamos bastante. A Libertadores tem esses lances, que os árbitros querem seguir a jogada. Mas falta é falta. Ele distribuiu cartões amarelos desnecessários. Ele queria dar cartão amarelo para o Fábio, pressionando toda hora. Além disso,  errou em algumas ocasiões, mas espero que na próxima fase quem apitar nosso jogo acerte essas decisões. Agora, é descansar e pensar no Brasileirão”, completou.

Publicidade

+ Leia mais: Fluminense alcança feito inédito e aumenta sequência invicta na Libertadores

Polivalência e força mental

Publicidade

Apesar das críticas da torcida em algumas atuações, Lima segue sendo praticamente o décimo segundo jogador de Fernando Diniz. Assim, sempre que pode tem oportunidade e pode atuar em mais de uma função no meio de campo. O atleta ressaltou que as críticas são normais no futebol e recebeu elogios do comandante.

“Desde que cheguei ao Fluminense, falei com o professor e não vejo problema algum em jogar em várias posições. Como meia, volante ou extremo. Sobre as críticas, é coisa do torcedor, mas faz parte. Mas foco no meu desempenho, no dia a dia, com esse professor fantástico que a gente tem, que nos ensina a cada dia que passa. Aprendo muito e sei lidar, pois faz do futebol os elogios e as críticas. Não pode deixar subir para a cabeça e tem que trabalhar e seguir firme”, afirmou Lima.

Publicidade

“Em relação ao Lima, ele e o Alexsander estavam fazendo bons jogos e nenhum dos dois mereciam sair. Era mais a questão do tipo de jogo que encaixava mais para o Lima hoje. Ele está de parabéns pela humildade que tem e a maneira como se comporta. Mesmo nas vezes em que é criticado. É muito bom ele saber lidar com essas críticas. Ele está tendo uma oportunidade de ouro na carreira e aproveitando muito bem. Acho que foi uma das grandes contratações do Fluminense no ano passado. Sempre útil e fazendo gols importantes”, exaltou Diniz.

Por fim, na próxima segunda-feira (3), a Conmebol vai realizar o sorteio que vai definir o adversário do Fluminense nas oitavas de finais da Libertadores. Antes disso, no sábado (1), às 18h30 (de Brasília), o Tricolor volta a campo para enfrentar o Juventude, pelo Brasileiro, também no Maracanã.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.