Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Libertadores: São Paulo tem vitória histórica e termina em 1º no seu grupo

O 2 a 0 sobre o Talleres, no MorumBIS, leva o time à liderança e é o 100º triunfo na história da competição

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Nelson Almeida  AFP via Getty Images

Festa para os mais de 50 mil torcedores que compareceram ao MorumBIS para apoiar o São Paulo.  Afinal, na noite desta quarta-feira (29/5), o Tricolor venceu o Talleres por 2 a 0, gol de Lucas Moura, de pênalti, no fim do primeiro tempo, e um golaço de Luciano no fim da etapa final. Este  resultado, pela última rodada do Grupo B da Libertadores, levou o time à ponta e foi o 100º triunfo são-paulino na história da competição.

Veja aqui a tabela de classificação da Libertadores

O São Paulo chegou aos mesmos 13 pontos do Talleres. Porém, terminou em primeiro lugar por causa do melhor saldo, 7 a 4.  Os dois avançam às oitavas e aguardam o sorteio para saber seus rivais na próxima fase. O grupo se completou com Barcelona (terceiro colocado, irá para a repescagem da Sul-Americana) e Cobresal, lanterna e fora de qualquer competição continental.

São Paulo na frente no fim do 1º tempo

Publicidade

O jogo foi muito truncado no primeiro tempo, com as defesas conseguindo superar os ataques e raras oportunidades claras. Para o Talleres, a grande chance foi com De Pietri, que num contra-ataque recebeu na direita, mas chutou cruzado e o goleiro Rafael fez o corte.

Para o São Paulo, o time não conseguia encaixar nada efetivo até o finzinho da etapa, quando Rodrigo Nestor invadiu a área pela esquerda e sofreu pênalti de De Pietri. Lucas Moura cobrou e Herrera mandou para escanteio. Porém, como o goleiro adiantou, o juiz mandou voltar.  Nova cobrança e, enfim, Lucas bateu e a bola entrou, aos 49. Primeiro gol de Lucas em  Libertadores.

Publicidade

Porém, pouco depois, Sosa levou solada de Luciano na risca da área. Pênalti para o Talleres? Falta? Mas o juiz nada deu, o que foi um erro. Afinal, esta falha gerou reclamação generalizada do Talleres no fim da etapa. O goleiro Herrera, fora de si, quase foi às vias de fato com os policiais que faziam a segurança do juiz Jhon Ospinam, que acabaria se perdendo no segundo tempo.

Golaço de Luciano

Publicidade

Jogo quente, com o Talleres pilhado  e o São Paulo reclamando de um pênalti em Luciano. A tensão passou a tomar conta do jogo.  Porém, depois dos dez minutos, os times deixaram as reclamações de lado e o jogo ganhou em velocidade.  O São Paulo, que encaixou o seu jogo,  quase marcou com Luciano, aos 15, e com Arboleda em escanteio aos 17. O São Paulo seguiu com as melhores chances. Apesar do Talleres quase fazer um gol com o ex-Vasco Gallarza, foi Igor Vinícius quem teve a chance de ouro, aos 38, e desperdiçar.

Porém, aos  44, appós recebeu um lateral, Luciano ajeitou, cortou o marcador e na direita do ataque, de fora da área, mandou a bomba para fazer um golaço que fechou o placar. No fim da partida, um empurra empurra generalizado gerou a expulsão de Navarro, do Talleres.  Enfim, no apito final do juiz, festa. Primeiro triunfo em cima do Talleres, na história, 100º vitória na Liberta e 1º lugar do Grupo B. Festa completa.

SÃO PAULO 2X0 TALLERES

Libertadores – 2024 – fase de grupos – sexta rodada
Data
: 29/5/2024
Local: MorumBIS, São Paulo (SP)
Público pagante: 56.162
Renda: R$ 5.153.140,00
SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius, Arboleda, Alan Franco e Welington (Patryck, 36’/2ºT); Alisson, Bobadilla (Luiz Gustavo, 29’/2ºT), Rodrigo Nestor (Erick, 36’/2ºT) e Lucas Moura (Márcio Araújo, 29’/2ºT); Luciano e Juan (Calleri, 12 ‘/2ºT). Técnico: Luis Zubeldía.
TALLERES: Herrera;  Portillo (Galarza, 32’/2ºT), Mantilla e Lucas Suárez (Bustos, 41’/2ºT); Gastón Benavídez, Portilla,  De Pietri (Martínez, 8’/2ºT), Sosa, Girotti e Miguel Navarro; Barticciotto (Botta, 8’/2ºT). Técnico: Walter Ribonetto.
Gols: Lucas Moura, de pênalti, 49’/1ºT (1-0). Luciano, 44’/2ºT (2-0)
Árbitro:  Jhon Ospina (COL)
Auxiliares
: Jhon Galeggo (COL) e Richard Ortiz (COL)
VAR: Nicolas Gallo (COL)
Cartões amarelos: Wellington (SAO); Barticciotto, Lucas Suárez, Portilla (TAL)
Cartões vermelhos: Navarro (TAL, aos 48’/2ºT)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.