Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Léo lamenta lesão de Payet e projeta estreia do Vasco no Brasileirão

Em entrevista, zagueiro fala sobre ausência do camisa 10, que deve perder as quatro primeiras partidas do torneio

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Leandro Amorim/Vasco
Foto: Leandro Amorim/Vasco Foto: Leandro Amorim/Vasco (Jogada 10)

A estreia do Vasco no Campeonato Brasileiro bate à porta. É no domingo (14), contra o Grêmio, em São Januário. E o zagueiro Léo, titular de Ramón Díaz em 2024, lamentou a ausência de Dimitri Payet, machucado.

Ao site “Ge”, o jogador falou sobre a lesão do francês, que deve perder as primeiras quatro rodadas do Brasileirão. Para ele, Payet “faz a diferença”.

“O time perde muito. Ele é o nosso principal jogador. Tecnicamente, é um cara que faz diferença. Com um chute, um gol de falta. É o nosso camisa 10. Faz diferença e vai fazer falta”, avaliou Léo.

Payet sofreu lesão no ligamento colateral medial do joelho direito em treino na última semana. A expectativa, assim, é que o jogador retorne às atividades no fim de abril, sendo preparado para atuar na quinta rodada, contra o Athletico.

Publicidade

LEIA MAIS: Alvo do Vasco, Martínez, do América, se aproxima do Fortaleza

E a preparação do Vasco?

Sem jogar partidas oficiais desde 17 de março, quando foi eliminado do Campeonato Carioca pelo Nova Iguaçu, o Cruz-Maltino aposta, então, na intensidade nesta “inter-temporada”. Pelo menos de acordo com Léo. Segundo o zagueiro, as decepções precisam ficar no passado.

Publicidade

“Tem sido bastante intensa a preparação. Teve semana que fizemos dois períodos. Tem algumas decepções, é claro, mas coisas boas e ruins vão acontecer, mas temos que ter capacidade de reagir. No momento da decepção, no outro dia, já temos que mirar para frente”, disse.

Sobre o Brasileirão em si, Léo pede um Vasco diferente em relação a 2023, quando o time lutou contra o rebaixamento até a última rodada. Ele lamentou que os resultados não aconteciam apesar do trabalho duro dos jogadores e deseja “fazer mais” em 2024.

Publicidade

“Temos que fazer diferente do ano passado no Brasileirão. Foi dolorido. Não foi fácil no ano passado. A gente trabalhava muito, mas o resultado não vinha. Mas se a gente fez muito, temos que fazer ainda mais”, finalizou.

A estreia do Vasco acontece no domingo, às 16h (de Brasília), contra o Grêmio, em São Januário. O Cruz-Maltino, porém, ainda não divulgou informações sobre a venda de ingressos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.