Jogada 10 Léo cita urgência de mudança no Vasco: ‘Criar uma mentalidade vencedora’

Léo cita urgência de mudança no Vasco: ‘Criar uma mentalidade vencedora’

Zagueiro foi o autor do gol que garantiu a vitória do Cruz-Maltino no primeiro teste do time principal na temporada

Jogada 10
Leandro Amorim / Vasco

Leandro Amorim / Vasco

Jogada 10

Com o pé direito! O Vasco iniciou de forma a positiva a atual temporada. Isso porque o time principal levou a melhor em seu primeiro teste. O Cruz-Maltino superou o San Lorenzo por 1 a 0, pelo torneio amistoso Série Rio de la Plata, na última quinta-feira (18). Anteriormente, no mesmo dia, a equipe alternativa também venceu o Boavista por 2 a 0, na estreia do Carioca, em São Januário.

O zagueiro Léo foi o autor do gol que garantiu o triunfo contra o adversário argentino, na pré-temporada em Punta del Este, no Uruguai. O defensor celebrou os dois resultados positivos. Ainda garantiu que é o pontapé inicial para a mudança de pensamento no clube.

“Quando a gente joga em um clube como o Vasco, independentemente do jogo, é muito importante vencer. Criar cada vez mais essa mentalidade vencedora. Todo jogo o grupo entra à vera, para vencer. Para vestir essa camisa tem que dar o máximo”, indicou o jogador.

O Gigante passará pela mesma situação de ter mais dois compromissos, no próximo domingo (21). Primeiro, a equipe alternativa enfrentará o Sampaio Côrrea, às 20h30, no Eucyzão, pela segunda rodada do Estadual. Posteriormente, o time principal terá pela frente o Deportivo Maldonado pelo seu segundo e último duelo na competição amistosa, no Uruguai, às 21h30.

Chegadas de João Victor e Rojas no Vasco

Ao ser questionado sobre as chegadas de João Victor e Rojas, dois reforços que na teoria disputariam posição com ele, a resposta foi em um teor diferente. O zagueiro reconheceu que terá uma briga por espaço, mas que será de forma saudável e os ajudará a buscar o melhor de cada um deles.

“Eleva o nível de competitividade. Competição sadia, todos querendo sua oportunidade. João Victor um grande cara, de caráter, todos vieram ajudar o Vasco. Importante deixar a vaidade de lado, porque o Vasco está acima de qualquer um aqui”, explicou o defensor.

Esquema com três zagueiro

A contratação desses dois atletas de características mais defensivas permitirá Ramón Díaz a fazer variações táticas. Especialmente de uma partida para outra e até mesmo durante os jogos. Uma das possibilidades é um esquema com três zagueiros. A respeito disso, Léo destacou que é uma situação que já está ambientado.

“Jogar é sempre importante, esquema que sou acostumado. Joguei com dois e três zagueiros também no São Paulo. Importante poder ajudar e colaborar”, pontuou o atleta.

Acirramento de disputa por posição no Vasco

O zagueiro não demonstrou preocupação com um possível aumento de concorrência com a injeção de confiança pelas duas vitórias. Na verdade, ele preferiu exaltar o lado coletivo.

“Importante é o grupo. Lá no Carioca, o time praticamente sub-20 conseguiu vencer. Importante para a gente também na sequência, voltar e juntar com quem está lá para tornar o Vasco um grupo ainda mais forte. Praticamente três times diferentes ontem e todo mundo correspondeu, isso mostra a força do elenco. Está sendo importante esse início. Jogos de ontem foi importante para dar oportunidade para todo mundo”, garantiu Léo.

Momento difícil na última temporada

Com relação ao 2023 do Cruz-Maltino, especialmente a campanha de recuperação no Campeonato Brasileiro, o defensor admitiu que foi um momento de dificuldade. Apesar disso, o atleta ressaltou que foi uma experiência que lhe ensinou a ser resiliente.

“Ano passado foi o ano mais difícil da minha carreira, mas me ensinou muito a nunca desistir. Foi difícil até para a minha família. É virar a página, levar de aprendizado, esse é um novo ano com novos objetivos”, detalhou o jogador.

“Vou ser sincero. Todo mundo ficou incomodado ano passado. Não foi espetacular, temos que levar de aprendizado para não acontecer os mesmos erros. Não que só tiveram coisas ruins, é pegar o que foi bom para somar e não repetir o ano passado. No último jogo parecia que estava infartando, em certo momento estávamos rebaixando com o Vasco da Gama. Parar de falar do ano passado também, quero que esse ano seja só de coisas boas, que a torcida merece”, finalizou.

Léo foi um dos jogadores que mais sofreram críticas na temporada passada. Principalmente porque na maior parte da temporada foi titular na zaga. Contudo, com a queda de desempenho, perdeu a vaga para Maicon na reta final do Campeonato Brasileiro. Em contrapartida, o defensor inicia 2024 de maneira positiva.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas