Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

LDU x Fluminense: conheça história da Recopa Sul-Americana e relembre últimas edições

LDU x Fluminense: conheça história da Recopa Sul-Americana e relembre últimas edições

Jogada 10|

LDU, do Equador, e Fluminense começam a decidir nesta quinta-feira, dia 22 de fevereiro, o título da Recopa Sul-Americana de 2024. - Foto: Divulgação/Conmebol
LDU, do Equador, e Fluminense começam a decidir nesta quinta-feira, dia 22 de fevereiro, o título da Recopa Sul-Americana de 2024. - Foto: Divulgação/Conmebol LDU, do Equador, e Fluminense começam a decidir nesta quinta-feira, dia 22 de fevereiro, o título da Recopa Sul-Americana de 2024. - Foto: Divulgação/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
O jogo de ida, no estádio de Casa Blanca (foto), em Quito, acontece às 21h30. A volta está marcada para o dia 29, no Maracanã, no mesmo horário. - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc
O jogo de ida, no estádio de Casa Blanca (foto), em Quito, acontece às 21h30. A volta está marcada para o dia 29, no Maracanã, no mesmo horário. - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc O jogo de ida, no estádio de Casa Blanca (foto), em Quito, acontece às 21h30. A volta está marcada para o dia 29, no Maracanã, no mesmo horário. - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc (Jogada 10 - Galerias)
A LDU classificou-se para o torneio ao conquistar a Copa Sul-Americana de 2023, quando venceu na decisão o Fortaleza, nos pênaltis, em Maldonado, no Uruguai. - Foto: Divulgacão/Conmebol
A LDU classificou-se para o torneio ao conquistar a Copa Sul-Americana de 2023, quando venceu na decisão o Fortaleza, nos pênaltis, em Maldonado, no Uruguai. - Foto: Divulgacão/Conmebol A LDU classificou-se para o torneio ao conquistar a Copa Sul-Americana de 2023, quando venceu na decisão o Fortaleza, nos pênaltis, em Maldonado, no Uruguai. - Foto: Divulgacão/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
O Fluminense disputa o torneio na condição de atual campeão da Copa Libertadores. O Tricolor carioca superou o Boca Juniors e faturou a Glória Eterna de forma inédita em sua história. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense
O Fluminense disputa o torneio na condição de atual campeão da Copa Libertadores. O Tricolor carioca superou o Boca Juniors e faturou a Glória Eterna de forma inédita em sua história. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense O Fluminense disputa o torneio na condição de atual campeão da Copa Libertadores. O Tricolor carioca superou o Boca Juniors e faturou a Glória Eterna de forma inédita em sua história. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense (Jogada 10 - Galerias)
Para os comandados de Fernando Diniz, conquistar a Recopa será levar o clube a mais uma façanha que falta na sala de troféus nas Laranjeiras. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense
Para os comandados de Fernando Diniz, conquistar a Recopa será levar o clube a mais uma façanha que falta na sala de troféus nas Laranjeiras. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense Para os comandados de Fernando Diniz, conquistar a Recopa será levar o clube a mais uma façanha que falta na sala de troféus nas Laranjeiras. - Foto: Lucas Merçon/Fluminense (Jogada 10 - Galerias)
A LDU busca o tricampeonato. A equipe equatoriana conquistou as edições de 2009 e 2010 vencendo Internacional de Porto Alegre e Estudiantes, da Argentina, respectivamente. - Foto: Divulgação/Conmebol
A LDU busca o tricampeonato. A equipe equatoriana conquistou as edições de 2009 e 2010 vencendo Internacional de Porto Alegre e Estudiantes, da Argentina, respectivamente. - Foto: Divulgação/Conmebol A LDU busca o tricampeonato. A equipe equatoriana conquistou as edições de 2009 e 2010 vencendo Internacional de Porto Alegre e Estudiantes, da Argentina, respectivamente. - Foto: Divulgação/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
Os dois maiores vencedores da Recopa são os argentinos Boca Juniors, com quatro conquistas (1990, 2005, 2006 e 2008), e River Plate, com três títulos (2015, 2016 e 2019). - Foto: Reprodução/Youtube
Os dois maiores vencedores da Recopa são os argentinos Boca Juniors, com quatro conquistas (1990, 2005, 2006 e 2008), e River Plate, com três títulos (2015, 2016 e 2019). - Foto: Reprodução/Youtube Os dois maiores vencedores da Recopa são os argentinos Boca Juniors, com quatro conquistas (1990, 2005, 2006 e 2008), e River Plate, com três títulos (2015, 2016 e 2019). - Foto: Reprodução/Youtube (Jogada 10 - Galerias)
São Paulo, Internacional e Grêmio são os únicos clubes brasileiros que levantaram o caneco duas vezes. - Foto: Divulgação/Conmebol - Foto: Divulgação/Conmebol
São Paulo, Internacional e Grêmio são os únicos clubes brasileiros que levantaram o caneco duas vezes. - Foto: Divulgação/Conmebol - Foto: Divulgação/Conmebol São Paulo, Internacional e Grêmio são os únicos clubes brasileiros que levantaram o caneco duas vezes. - Foto: Divulgação/Conmebol - Foto: Divulgação/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
Outros seis times brasileiros já chegaram ao topo da Recopa uma vez, são eles: Cruzeiro (1998), Palmeiras (2022), Flamengo (2020), Santos (2012), Corinthians (2013) e Atlético-MG (2014). - Foto: Ivan Storti/Divulgação Santos FC
Outros seis times brasileiros já chegaram ao topo da Recopa uma vez, são eles: Cruzeiro (1998), Palmeiras (2022), Flamengo (2020), Santos (2012), Corinthians (2013) e Atlético-MG (2014). - Foto: Ivan Storti/Divulgação Santos FC Outros seis times brasileiros já chegaram ao topo da Recopa uma vez, são eles: Cruzeiro (1998), Palmeiras (2022), Flamengo (2020), Santos (2012), Corinthians (2013) e Atlético-MG (2014). - Foto: Ivan Storti/Divulgação Santos FC (Jogada 10 - Galerias)
A Recopa foi criada em 1989 como confronto entre o campeão da Libertadores e da extinta Supercopa da Libertadores. O Nacional, do Uruguai, foi o primeiro vencedor ao superar Racing, da Argentina. - Foto: Reprodução
A Recopa foi criada em 1989 como confronto entre o campeão da Libertadores e da extinta Supercopa da Libertadores. O Nacional, do Uruguai, foi o primeiro vencedor ao superar Racing, da Argentina. - Foto: Reprodução A Recopa foi criada em 1989 como confronto entre o campeão da Libertadores e da extinta Supercopa da Libertadores. O Nacional, do Uruguai, foi o primeiro vencedor ao superar Racing, da Argentina. - Foto: Reprodução (Jogada 10 - Galerias)
Nem sempre a disputa foi em ida e volta, como atualmente. Entre 1994 e 1997, ocorreu uma partida única no Japão (três em Kobe - foto - e uma em Tóquio). São Paulo e Grêm - Foto: Wikimedia Commonsio conquistaram títulos em solo asiático.
Nem sempre a disputa foi em ida e volta, como atualmente. Entre 1994 e 1997, ocorreu uma partida única no Japão (três em Kobe - foto - e uma em Tóquio). São Paulo e Grêm - Foto: Wikimedia Commonsio conquistaram títulos em solo asiático. Nem sempre a disputa foi em ida e volta, como atualmente. Entre 1994 e 1997, ocorreu uma partida única no Japão (três em Kobe - foto - e uma em Tóquio). São Paulo e Grêm - Foto: Wikimedia Commonsio conquistaram títulos em solo asiático. (Jogada 10 - Galerias)
Entre 1999 e 2002, a Conmebol suspendeu a competição e a retomou em 2003, mas com o adversário do vencedor da Libertadores passando a ser o campeão da Copa Sul-Americana. - Foto: Divulgação/Conmebol
Entre 1999 e 2002, a Conmebol suspendeu a competição e a retomou em 2003, mas com o adversário do vencedor da Libertadores passando a ser o campeão da Copa Sul-Americana. - Foto: Divulgação/Conmebol Entre 1999 e 2002, a Conmebol suspendeu a competição e a retomou em 2003, mas com o adversário do vencedor da Libertadores passando a ser o campeão da Copa Sul-Americana. - Foto: Divulgação/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
Após as edições de 2003 e 2004 serem disputadas nos Estados Unidos (primeiro em Los Angeles e depois em Fort Lauderdale), a Conmebol resgatou o modelo de ida e volta, que vigora atualmente. Relembre a seguir as últimas cinco finais! - Foto: Reprodução
Após as edições de 2003 e 2004 serem disputadas nos Estados Unidos (primeiro em Los Angeles e depois em Fort Lauderdale), a Conmebol resgatou o modelo de ida e volta, que vigora atualmente. Relembre a seguir as últimas cinco finais! - Foto: Reprodução Após as edições de 2003 e 2004 serem disputadas nos Estados Unidos (primeiro em Los Angeles e depois em Fort Lauderdale), a Conmebol resgatou o modelo de ida e volta, que vigora atualmente. Relembre a seguir as últimas cinco finais! - Foto: Reprodução (Jogada 10 - Galerias)
Recopa de 2019 - River Plate 3 x 0 Athletico-PR, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires - Clube argentino chegou ao quarto troféu ao dar a volta por cima em casa após ter perdido por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba. - Foto: Reprodução/Conmebol
Recopa de 2019 - River Plate 3 x 0 Athletico-PR, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires - Clube argentino chegou ao quarto troféu ao dar a volta por cima em casa após ter perdido por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba. - Foto: Reprodução/Conmebol Recopa de 2019 - River Plate 3 x 0 Athletico-PR, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires - Clube argentino chegou ao quarto troféu ao dar a volta por cima em casa após ter perdido por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba. - Foto: Reprodução/Conmebol (Jogada 10 - Galerias)
Recopa 2020 - Flamengo 3 x 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro conquistou o título inédito com gols de Gabigol e Gerson (2). Na ida, equipes empataram por 2 a 2. - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Recopa 2020 - Flamengo 3 x 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro conquistou o título inédito com gols de Gabigol e Gerson (2). Na ida, equipes empataram por 2 a 2. - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo Recopa 2020 - Flamengo 3 x 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro conquistou o título inédito com gols de Gabigol e Gerson (2). Na ida, equipes empataram por 2 a 2. - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo - Foto: Alexandre Vidal/Flamengo (Jogada 10 - Galerias)
Recopa 2021 - Palmeiras 1 (3) x (4) 2 Defensa y Justicia-ARG, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília - Após vencer na ida fora de casa, Verdão perdeu pelo mesmo placar como mandante e deixou a taça escapar nos pênaltis. - Foto: Cesar Greco/Palmeiras
Recopa 2021 - Palmeiras 1 (3) x (4) 2 Defensa y Justicia-ARG, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília - Após vencer na ida fora de casa, Verdão perdeu pelo mesmo placar como mandante e deixou a taça escapar nos pênaltis. - Foto: Cesar Greco/Palmeiras Recopa 2021 - Palmeiras 1 (3) x (4) 2 Defensa y Justicia-ARG, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília - Após vencer na ida fora de casa, Verdão perdeu pelo mesmo placar como mandante e deixou a taça escapar nos pênaltis. - Foto: Cesar Greco/Palmeiras (Jogada 10 - Galerias)
Recopa 2022 - Palmeiras 2 x 0 Athletico-PR, no Allianz Parque - Verdão faturou o título inédito com gols de Zé Rafael e Danilo. A partida de ida terminou com empate de 2 a 2. - Foto: Fabio Menotti/Palmeiras
Recopa 2022 - Palmeiras 2 x 0 Athletico-PR, no Allianz Parque - Verdão faturou o título inédito com gols de Zé Rafael e Danilo. A partida de ida terminou com empate de 2 a 2. - Foto: Fabio Menotti/Palmeiras Recopa 2022 - Palmeiras 2 x 0 Athletico-PR, no Allianz Parque - Verdão faturou o título inédito com gols de Zé Rafael e Danilo. A partida de ida terminou com empate de 2 a 2. - Foto: Fabio Menotti/Palmeiras (Jogada 10 - Galerias)
Recopa 2023 - Flamengo 1 (4) x (5) 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro deixou escapar o bicampeonato ao perder nos pênaltis. - Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
Recopa 2023 - Flamengo 1 (4) x (5) 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro deixou escapar o bicampeonato ao perder nos pênaltis. - Foto: Marcelo Cortes/Flamengo Recopa 2023 - Flamengo 1 (4) x (5) 0 Independiente del Valle-EQU, no Maracanã - Rubro-Negro deixou escapar o bicampeonato ao perder nos pênaltis. - Foto: Marcelo Cortes/Flamengo (Jogada 10 - Galerias)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.