Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Keirrison relembra morte do filho e decisão familiar de deixar o futebol

O filho de Keirrison, Henri Lucca, de 2 anos de idade, acabou morrendo por conta de um quadro infeccioso em 2015

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Afastado do futebol desde 2018, Keirrison quebrou o silêncio sobre os motivos de ter deixado os gramados aos 29 anos de idade.

Foto: Reprodução / Instagram

“Sou grato por essa decisão (de pausar a carreira) porque fez com que realmente a gente tivesse essa unidade em casa, tivesse essa conexão maior. São decisões que todo tempo a gente tem que tomar na vida. E quando a gente tem as prioridades definidas, aquilo que tem valor fica mais fácil de decidir” disse Keirrison, em ntrevista ao “ge”.

Keirrison relembra morte do filho

O jogador falou sobre o drama familiar de perder um filho de forma repentina. Isso porque o menino Henri Lucca Buss Carneiro, de 2 anos de idade, acabou morrendo por cont de um quadro infeccioso em 2015.

Publicidade

O garoto sofreu uma parada cardíaca e respiratória antes de ser levada à UTI e morreu duas horas depois.Diante disso, Keirrison diz que não pensa em voltar aos gramados.

“Foi bem difícil, é algo que a gente passou muito tempo… não falo que a gente tentou buscar entender. Mas, de certa forma, a gente ficou um pouco vazio no sentido de compreensão das coisas, sabe? Mas entendendo, vivendo um luto difícil, algo que não está na forma, mas acontece, não é só conosco, aconteceu, tivemos a oportunidade de encontrar pessoas que, infelizmente, também viveram isso”, disse.

Publicidade

“Foi difícil humanamente falando, realmente, a gente determinou um tempo e juntos como família, como todos aqui a gente passou esse processo. A saudade fica, mas temos os nossos outros filhos que vieram, o Joaquim e Emanuel. Eu falo que a vida, Deus nos proporciona viver um novo de novo”, avaliou Keirrison.

O atacante brasileiro teve uma carreira promissora que começou no Coritiba, onde se destacou e foi artilheiro do Campeonato Brasileiro em 2008. Transferiu-se para o Palmeiras, e posteriormente para o Barcelona, mas não conseguiu se firmar no clube espanhol, sendo emprestado para várias equipes, incluindo Benfica, Fiorentina, Santos e Cruzeiro.

Publicidade

Apesar do talento evidente, Keirrison enfrentou dificuldades em manter a consistência e em 2018, aos 29 anos, pausou a carreira profissional após um período de lesões e perda de espaço nas equipes por onde passou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.