Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Justiça reconhece brasileiro como inventor do spray de barreira

Fifa alegava desde 2019 que existia ausência de atividade inventiva e pedia pela nulidade da patente de Heine Allemagne

Jogada 10|

Photo by Saeed Khan / AFP
Photo by Saeed Khan / AFP Photo by Saeed Khan / AFP (Jogada 10)

A Justiça reconheceu, na última quinta-feira (21/03), que Heine Allemagne, responsável pela empresa Spuni Comércio de Produtos Esportivos, é o inventor do spray de barreira. A ferramenta é utilizada por árbitros de futebol para sinalizar as distâncias das cobranças de falta.

LEIA MAIS: Desde 1966 que Flamengo não decide o Carioca contra time fora do trio Flu, Vasco e Bota

Decisão da Justiça sobre spray de barreira

A Fifa alegava desde 2019 que havia ausência de atividade inventiva e pedia pela nulidade da patente brasileira. No entanto, as autoridades reconheceram Heine Allemagne como inventor do produto. A decisão acabou sendo assinada pelo juiz Eduardo André Brandão de Brito Fernandes. A informação é do “ge”.

“É uma vitória contra uma tentativa de se tentar apagar parte da história de uma invenção que mudou o futebol. O spray de maior visibilidade do mundo é brasileiro, e a Justiça deixou isso claro”, disse Heine Allemagne ao “ge”.

Publicidade

A decisão ainda cabe recurso. No entanto, Heine Allemagne conquistou uma vitória importante nesta semana. O brasileiro vem atravessando brigas judiciais contra Fifa nos últimos anos e cobra uma indenização de US$ 40 milhões (cerca de R$ 206 milhões na cotação atual) por uso indevido do spray. O processo ainda aguarda por um julgamento em última instância.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.