Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Julgamento de jogadores do São Paulo é dia 14, antes da semifinal

Rafinha, Wellington Rato e Calleri estão na mira do Tribunal de Justiça Desportiva; jogadores podem pegar ficar seis jogos fora

Jogada 10|

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net (Jogada 10)

O julgamento dos jogadores e dirigentes do São Paulo no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) será no próximo dia 14, uma quinta-feira. O lateral-direito Rafinha, o meia Wellington Rato e o atacante Calleri foram alvos de denúncias por conta da confusão no clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista. Cada atleta pode pegar até seis jogos de suspensão.

Assim, o julgamento acontece antes das quartas de final do Paulistão, o que pode fazer o Tricolor ficar desfalcado, caso se classifique. A garantia da vaga no mata-mata, entretanto, depende de uma vitória no domingo, contra o Ituano. Seja como for, uma pena mais dura pode virar problema a médio prazo para o técnico Thiago Carpini.

Rafinha, Rato e Calleri ofenderam a equipe de arbitragem liderada por Matheus Delgado Candançan, que relatou os xingamentos em súmula. Embora só Calleri esteja em boas condições físicas, já que os outros dois estão machucados, uma eventual punição promete se tornar dor de cabeça para a comissão técnica. Mas a punição pode não ficar só nesta seara, já que o diretor de futebol Carlos Belmonte também está no banco dos réus. Ele pode pegar até 270 dias de gancho por ter chamado Abel Ferreira de ‘português de m’.

Assim como Belmonte, também estão enquadrados o presidente Júlio Casares e o diretor adjunto Fernando Bracalle Ambrogi. O julgamento, no próximo dia 14, será às 18h.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.