Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Jogo do Gauchão é paralisado por ofensas racistas; Torcedor é detido

Partida entre Caxias e São José, pelo Gaúchão, precisou parar por 13 minutos pela confusão causada por torcedor

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução X @OficialFGF
Foto: Reprodução X @OficialFGF Foto: Reprodução X @OficialFGF (Jogada 10)

Jogadores do São José denunciaram terem sido alvo de ofensas racistas na noite desta sexta-feira (8), antes do início do jogo contra o Caxias, pelo Gauchão, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). Segundo relatos, membros da equipe do São José notificaram os fiscais da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) sobre as ações racistas de um torcedor presente no estádio.

Em resposta, as autoridades agiram prontamente, identificando e detendo o indivíduo responsável. No entanto, o jogo precisou parar por aproximadamente 13 minutos, pois formou-se um tumulto.

O Caxias, em comunicado nas redes sociais, condenou veementemente o incidente e declarou ter colaborado ativamente com as autoridades para identificar o agressor. A Federação Gaúcha de Futebol também se pronunciou sobre o episódio, reafirmando seu compromisso com a luta contra o racismo no esporte.

Torcedor fugiu da arquibancada após gesto

De acordo com o relato dos jogadores do São José, o torcedor em questão exibiu sua pele de forma provocativa quando os jogadores reservas se aproximavam do banco. Após o gesto racista, o agressor rapidamente fugiu da arquibancada; Contudo, outros torcedores presentes no estádio o identificaram.

Publicidade

Aos 29 minutos de jogo, a partida parou após a identificação do agressor. Além disso, o técnico do São José, China Balbino, expressou sua indignação à beira do campo. A arbitragem teve que intervir para deliberar sobre os desdobramentos do incidente e decidir como proceder com a continuação do jogo.

Após o término da partida, o zagueiro Tiago Pedra e o assessor de imprensa do São José, ambos testemunhas do episódio de injúria racial, foram à delegacia para prestar depoimento. Enquanto isso, o torcedor responsável permaneceu detido.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.