Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Jogadores do Fluminense posam com livro do título da Libertadores 2023

Obra eterniza a conquista tricolor da Libertadores e relembra outros títulos e momentos marcantes como o Mundial

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

v

Jogadores e comissão técnica do Fluminense posaram com o livro “Vamos, Tricolores – A Conquista da América”. A  publicação é em parceria com a Editora Sextante, que eterniza o título da Libertadores 2023. O livro conta em 160 páginas, assim como traz mais de 200 imagens, algumas exclusivas e inéditas, além de relatos e textos de quem participou da conquista da América.

“O livro está lindo demais, uma grande lembrança de um momento maravilhoso em nossas vidas e na vida do Fluminense. Tem fotos especiais, como a do jogo que viramos contra o Inter, em Porto Alegre. Quando o André me levanta na comemoração, e do abraço no Fernando Diniz, depois da final. Esses momentos ficarão guardados em nossos corações para sempre”, destacou Cano.

Ele também recorda as conquistas do Carioca 2023 e da Recopa Sul-Americana 2024. Além disso, mostra  a participação tricolor no Mundial de Clubes, da Fifa, disputado na Arábia Saudita em dezembro de 2023.

Publicidade

Livro eterniza conquista

A obra em capa dura e impressa no formato 27,5 x 35cm. Ela já está em pré-venda em livrarias de todo o país por R$ 249,90 e chega às lojas do Flu nesta terça-feira (07/05).

Publicidade

“É muito bom participar da história do Fluminense e acho muito importante ter memórias desse ano. A melhor coisa que fizeram foi esse livro, porque passando página por página relembramos os melhores momentos e vemos alguns lances de jogos difíceis que tivemos. Não foi fácil ganhar essa Libertadores. Esse livro representa muito bem o título do Fluminense, está muito bonito e vou deixar ele lá em casa”, afirmou o lateral Marcelo.

“Essa conquista era um sonho do Fluminense, dos torcedores do clube e de nós, jogadores. Um título em memória também de muitos daqueles que estiveram na final de 2008 e não puderam estar presentes no ano passado, mas foram representados por parentes e amigos que estavam no Maracanã. É motivo de muito orgulho porque trabalhamos muito para chegar onde chegamos e nos sentimos muito honrados em colocar o Fluminense no nível que ele merece, que é o de campeão da América”, disse o zagueiro Felipe Melo.

Publicidade

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.