Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Jogador do Peñarol é atingido por pedrada vinda da arquibancada

Maxi Olivera ficou com corte profundo abaixo do olho esquerdo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: MARCELO MANERA/AFP via Getty Images
Foto: MARCELO MANERA/AFP via Getty Images Foto: MARCELO MANERA/AFP via Getty Images (Jogada 10)

O clima de tensão no duelo da Libertadores entre Rosario Central e Peñarol, infelizmente, não ficou restrito ao pré-jogo. Além do confronto entre torcidas pouco tempo antes da bola rolar, o lateral-esquerdo Maxi Olivera foi atingido por uma pedra vinda da arquibancada do Estádio Gigante de Arroyito.

O fato aconteceu logo depois do apito final na partida onde a representação argentina venceu por 1 a 0. No momento que a pedra o acertou, ele estava cumprimentando os fãs do Manya que estavam na área de visitante do estádio, situada abaixo de uma das arquibancadas pertencentes a torcida da casa. Logo depois de perceber o ferimento abaixo do olho esquerdo, o próprio Olivera chegou a mostrar grande irritação antes de ser contido pelos companheiros e conduzido aos vestiários banhado em sangue.

De acordo com o relato feito pelo médico do clube uruguaio, Julio Trochansky, o jogador atingido pela pedra acabou até desmaiando pouco antes de ser removido para o hospital mais próximo. Não há maiores detalhes sobre o quadro atual de saúde do jogador de 32 anos.

Falando sobre o fato, o vice-presidente do Peñarol, Eduardo Zaidenstadt, afirmou que o mandatário do Rosario Central, Gonzalo Belloso, se envolveu em uma confusão onde tentou agredir Ignacio Ruglio, mandatário da representação de Montevidéu:

“Ele recebeu uma pedrada, atingido perto do olho. Está consciente. É um disparate. Primeiro quando atiraram as grades na torcida do Peñarol e até o presidente do Rosario tentou agredir Ruglio.”

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.