Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Inter demite intérprete do mascote acusado de importunação sexual

Funcionário foi indiciado pela polícia após duas mulheres denunciarem seu comportamento no clássico Gre-Nal

Jogada 10|

Foto: Twitter @@Gikumpel
Foto: Twitter @@Gikumpel Foto: Twitter @@Gikumpel (Jogada 10)

Nesta quinta-feira (14), o Inter emitiu um comunicado anunciando o desligamento do ator que desempenhava o papel do mascote do clube. Isso ocorreu após a acusação importunação sexual na Polícia Civil. Duas mulheres, afinal, alegaram ser vítimas do comportamento do mascote após o clássico Gre-Nal realizado em 25 de fevereiro no estádio Beira-Rio.

Em resumo, A primeira denunciante foi a repórter Gisele Kümpel, do Canal Monumental, que tem vínculo com a torcida do Grêmio. Ela registrou um Boletim de Ocorrência imediatamente após o jogo, nas instalações da Polícia Civil no Beira-Rio. Ademais, no dia seguinte, uma torcedora do Internacional relatou importunação enquanto solicitava uma foto com o mascote.

Polícia indiciou mascote do Inter

Após uma investigação que incluiu a análise de imagens, depoimentos das vítimas e do acusado, a polícia decidiu indiciar o homem.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Porto Alegre afirmou em nota que, com base nas informações coletadas durante o processo, a constatação é de que o suspeito cometeu o crime de importunação sexual contra as duas vítimas no dia do clássico.

Publicidade

O inquérito agora vai para o Ministério Público, que decidirá se apresentará ou não denúncia à Justiça. De acordo com o Código Penal, a pena para o crime de importunação sexual é de reclusão de um a cinco anos.

Veja a nota do Internacional

“O Sport Club Internacional comunica que o ator que interpretava o seu mascote não faz mais parte do quadro de funcionários do Inter.

Publicidade

O Clube reitera que segue à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos necessários para a depuração dos fatos. Também reforça sua solidariedade com as mulheres envolvidas neste episódio, seguindo à disposição tanto delas quanto das autoridades.

Ainda, o Inter informa que mantém suas iniciativas de conscientização e prevenção internas, incluindo às pessoas responsáveis pela interpretação do Saci.

Publicidade

Por fim, o Clube do Povo reafirma seu comprometimento social e institucional, com as diversas campanhas e ações já realizadas em seus canais de divulgação para o público externo, ressaltando o repúdio a qualquer tipo de importunação, discriminação e preconceito, bem como seu compromisso para que o Beira-Rio seja sempre um lugar seguro e acolhedor para todas as pessoas”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.