Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Identificação e títulos: Marcelo eleva seu patamar no hall de ídolos do Fluminense

Lateral retornou ao clube no dia 9 de março de 2023 e contribuiu para conquistas continentais e expandir a marca pelo mundo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

- Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense
- Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense - Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense (Jogada 10)

O Fluminense utilizou, na última terça-feira (12), suas redes sociais para celebrar um ano do retorno de Marcelo ao clube carioca, que aconteceu no dia 9 de março de 2023. Para isso, o cria da base tricolor elaborou uma carta para a torcida e expressou o que sentiu ao longo desses 365 dias. Dentro de campo, o jogador, que marcou história no Real Madrid, elevou seu patamar no Tricolor com dois títulos continentais e bom futebol.

Tudo começou já no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Com a notícia do retorno do lateral, a torcida tricolor foi ao local receber o jogador, com uma grande festa. ao lado da esposa e dos dois filhos (Enzo e Liam). Nesse sentido, Marcelo despontou no salão nobre e viu todo carinho do torcedor, que cantou a plenos pulmões e saudou o ídolo.

No dia seguinte, mais de 33 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para a apresentação do jogador, no Maracanã. Ela contou com show do cantor Filipe Ret e a emoção do lateral, que descreveu a ocasião como “o melhor momento de sua vida”. Assim, a festa ganhou repercussão mundial, por meio dos principais jornais.

Títulos continentais no currículo

Diante do Flamengo, o Fluminense precisava reverter um resultado adversário semelhante ao atual e coube a Marcelo iniciar aquela goleada por 4 a 1, que ficou marcada no coração do torcedor. Os comandados de Fernando Diniz erguiam a taça do bicampeonato Carioca.

Publicidade

Apesar do primeiro título, o jogador também acumulou lesões e precisou deixar o gramado por problemas físicos. No entanto, esteve em momentos cruciais da campanha do título inédito da Libertadores. Uma delas foi no acidente de trabalho, quando acabou pisando, sem querer, em Sánchez, zagueiro do Argentinos Juniors, que teve uma séria lesão. Expulso, o ídolo saiu de campo desolado e recebeu apoio dos companheiros, inclusive do Real Madrid.

Além disso, Marcelo sempre deixou claro que o grande sonho e objetivo era a conquista inédita da Libertadores. E o Fluminense teve uma temporada mágica, algo que o torcedor eternamente recordará. O lateral, então, aumentou ainda mais sua idolatria ao participar ativamente da campanha.

Publicidade

Já nesta temporada, viu o Tricolor de Laranjeiras apagar de vez os fantasmas de 2008 e 2009 e erguer a taça da Recopa Sul-Americana diante da LDU, no Maracanã. No próximo sábado (16), às 21h (de Brasília), terá mais um jogo decisivo, novamente diante do Flamengo, pela semifinal do Carioca, na busca pelo tri.

Mundialmente conhecido

Até o momento, nesta segunda passagem, o jogador soma 38 jogos, dois gols e uma assistência. Além do ganho técnico, que inegável, Marcelo levou o nome do clube carioca a outras praças e contribuiu para propagar a marca pelo mundo. Somente no Instagram, aliás, ele tem mais de 67 milhões de seguidores e tem o carinho de muitos atletas também de outros esportes, Por fim, o ídolo ressaltou que “há coisas que ainda precisam ser feitas” e que tem “muito orgulho em poder contribuir para a história do clube”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.