Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Homenagem a ex-técnico com câncer terminal emociona na Itália

Ex-treinador da Sampdoria, Sven-Göran Eriksson, recebeu aplausos da torcida e cumprimentos de jogadores numa homenagem comovente

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução de vídeo Instagram Sampdoria

O Estádio Luigi Ferraris, em Gênova, na Itália, foi palco de uma homenagem emocionante neste domingo (5/5). A arena é casa da Sampdoria e o jogo contra a Reggiana, que terminou com vitória dos anfitriões, teve um momento especial. Assim, o ex-treinador  Sven-Göran Eriksson entrou no gramado e recebeu os aplausos dos torcedores e os cumprimentos – um a um – de jogadores e comissão técnica do clube que ele comandou entre julho de 1992 e junho de 1997.

O motivo da comoção é o estado de saúde do sueco. Aos 76 anos, Eriksson não sabe quanto tempo ainda lhe resta de vida. Mas todos imaginam que não seja longo. Afinal, ele sofre de um câncer que já alcançou a fase terminal.

Eriksson também teve homenagem em Liverpool

A homenagem a Eriksson no estádio da Sampdoria é mais um momento de emoção dentre tantos que o ex-treinador tem vivido na reta final da doença. Assim, o sueco busca realizar sonhos ainda pendentes, com a ajuda de amigos e admiradores do mundo do futebol.

Publicidade

Em 23 de março deste ano, por exemplo, Eriksson realizou um antigo desejo: comandar o Liverpool. Foi num amistoso beneficente com o Ajax, no estádio de Anfield, na cidade de Liverpool, a casa dos Reds. A convite do técnico Jurgen Klopp, que ficou sabendo do sonho do companheiro de profissão, Eriksson teve a chance que tanto almejava de estar à frente de jogadores do clube inglês.

 

Publicidade

Carreira de treinador durou 42 anos

Nascido em 5/2/1948, em Torsby, na Suécia, Eriksson teve a carreira inteira dedicada ao treinamento de jogadores. Desse modo, começou em seu próprio país, em 1977, comandando o Degerfors. Até 2019, quando se retirou da atividade, ele treinou 12 times na Europa e na Ásia. Além disso, treinou quatro seleções nacionais: Inglaterra, México, Costa do Marfim e Filipinas.

Publicidade

Na Sampdoria, onde ele recebeu homenagem neste domingo, Eriksson foi campeão da Copa da Itália em 1993/1994.

O jogo de hoje entre Sampdoria e Reggiana terminou em 1 a 0 para o time da casa. O gol saiu aos 16′ , marcado pelo napolitano Sebastiano Esposito.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.