Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Governo adia abertura de proposta financeira para licitação do Maracanã

Consórcio Fla-Flu abre vantagem na Proposta Técnica com 117 pontos, contra 81 de Vasco e WTorre,; Consórcio RNGD contesta desclassificação...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

- Foto: Divulgação/Maracanã

A disputa pela Licitação do Maracanã ganhou um novo capítulo nesta sexta-feira (19). Afinal, o Governo do Estado do Rio de Janeiro adiou a última fase da licitação do Maracanã. Anteriormente marcado para o dia 30 de abril, agora, a reunião acontece em 8 de maio, às 10h30, na sede do governo estadual, no auditório da Secretaria da Casa Civil. A informação é do portal “ge”.

De acordo com a Casa Civil,  o adiamento se deve em virtude do ponto facultativo do dia 22 de abril e do feriado de São Jorge no Rio de Janeiro. Depois da análise da proposta financeira, os três concorrentes entraram com recursos com objetivos diferentes.

O Vasco, em união com a WTorre, contesta a retirada de mais de 30 pontos da classificação final. Na ocasião, terminou com 81 pontos, já desconsiderando os jogos que foram desconsiderados de Santos e Brusque.

Publicidade

O Consórcio Fla-Flu, por sua vez, recebeu 117 de 125 pontos possíveis. No entanto, contesta os pontos perdidos e também argumenta contra a pontuação máxima dos vascaínos em alguns dos quesitos.

Além disso, o Consórcio RNGD, da Arena 360, que administra o Mané Garrincha, requer o retorno ao certame, contestando a desclassificação.

Publicidade

Resultado da proposta técnica

O Governo divulgou na semana passada as notas da segunda fase da licitação do Maracanã. Assim, o Consórcio Fla-Flu, favorito para seguir na administração do estádio, somou a maior nota, seguido pelo Maracanã para Todos, de Vasco e WTorre. Com a terceira maior nota, a Arena 360 foi alvo de parecer pela desclassificação por não atender requisito do edital.

Publicidade

A proposta técnica tem peso maior na pontuação final (60% na técnica e 40% na financeira). Com isso, Flamengo e Fluminense ficam mais próximos de seguir na gestão do estádio.

A comissão de licitação considerou que os jogos apresentados por Vasco e WTorre, de Santos (com 35 datas) e Brusque (5 datas), feriam o edital e citou o Regulamento Geral de Competições da CBF. Contudo, o Cruz-Maltino ainda não se manifestou, porém é provável que volte ao judiciário caso nada mude após o período de impugnações.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.