Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Gómez se reapresenta, e Veiga fala de marca histórica no Palmeiras

Palmeiras treinou nesta sexta-feira (5) após empate com o Grêmio. Próximo jogo do Verdão é contra o Bahia, no próximo domingo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Cesar Greco/Palmeiras CESAR GRECO

O Palmeiras se reapresentou na manhã desta sexta-feira (05), na Academia de Futebol, após o empate em 2 a 2 com o Grêmio, na última quinta, em Caxias do Sul, pelo Campeonato Brasileiro. O zagueiro Gustavo Gómez, de volta depois de disputar a Copa América com a seleção do Paraguai, participou do treinamento com os companheiros no gramado.

A comissão de Abel Ferreira comandou um trabalho técnico de enfrentamento em campo reduzido com objetivos definidos. Já aqueles que atuaram por mais de 45 minutos contra o Grêmio permaneceram na parte interna em atividades regenerativas, assim como Bruno Rodrigues, Lázaro, Zé Rafael e Murilo, que seguem em tratamento de lesões.

O meia Raphael Veiga, que não atuou contra o Grêmio por ter sido expulso no clássico contra o Corinthians, falou sobre a marca alcançada no Palmeiras. Isso porque, na semana passada, completou 300 jogos pelo Verdão.

Publicidade

“Eu sempre falo em várias entrevistas que eu sempre quis jogar um jogo e nunca imaginei jogar 300. Eu sei que é uma marca muito grande em um clube muito grande, estou muito feliz, muito feliz mesmo porque isso mostra uma constância no trabalho. Não é qualquer jogador que fica mais que seis, sete, oito anos no clube, então estou muito feliz. Lógico que as vitórias, os títulos, isso ajuda muito também, mas é isso, eu espero fazer mais 300, 500, 600 jogos e conquistar mais títulos”, disse.

Veiga fala de ‘passe’ para gol de Fabinho no Palmeiras

Publicidade

Veiga falou também sobre a “assistência” para o gol de Fabinho, o primeiro da vitória por 2 a 0 sobre o Timão. O meia destacou ainda o poder de reação dos companheiros contra o Grêmio. Afinal, o Tricolor chegou a abrir dois gols de diferença, mas Flaco López e Estêvão deixaram o placar igual.

“Sobre o empate de ontem, eu acho que isso mostra mais uma vez a força do nosso grupo, principalmente na parte mental. A gente sabe que fazer dois gols no Grêmio fora, num campo que estava muito difícil, é complicado. Parabenizo todo mundo e que continuem se preparando porque as oportunidades aparecem e precisamos estar preparados”, enfatizou:

“O jogo contra o Corinthians, por se tratar de um clássico, sempre acaba tendo um peso maior, uma atmosfera diferente. Acho que a gente foi eficaz nas vezes que a gente chegou à frente, conseguimos fazer os gols. Em relação ao gol de falta, eu chutei ali, realmente acho que tinha que dar para o Fabinho, porque ele desviou e foi isso que fez com que o goleiro saísse um pouco antes. Independentemente do gol ser meu ou não, é bom estar participando e ajudando, eu acho que isso é o mais importante. Fiquei feliz também pelo primeiro gol do Fabinho. Foi engraçado, mas fico contente por ele, um menino que trabalha muito e merece”, completou.

Verdão faz ‘jogo de seis pontos’ com o Bahia

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), contra o Bahia, no Allianz Parque, em um duelo direto pelas primeiras colocações. Afinal, o Tricolor tem os mesmos 27 pontos do Verdão, perdendo apenas nos critérios de desempate.

Se entrar em campo, Veiga alcançará a 15ª posição do ranking de atletas com mais jogos pelo Palmeiras em Brasileiro, com os mesmos 150 partidas de Luan.

“É óbvio que para o Abel e para o nosso time quanto mais jogadores estiverem à disposição, melhor. Alguns atletas acabaram se machucando, acho que também muito por conta de tantos jogos, sequência muito grande, viagens. Mas a gente tem que fazer o nosso melhor com aquilo que a gente tem. Importante eu estar voltando também, é ruim ficar de fora. O Gómez está voltando, a gente sabe da importância que ele tem para o nosso grupo, é um líder. E espero que os meninos também que estão machucados voltem o mais rapidamente possível para todo mundo estar à disposição do Abel, para ele ter mais cartas para montar o jogo”, finalizou o camisa 23.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.