Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Gol de Bastos mantém o Botafogo com marca importante no BR-24

Apesar de uma atuação abaixo da crítica, Alvinegro permanece em posição privilegiada nesta edição do torneio

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo não só manteve a liderança do Campeonato Brasileiro como também permaneceu com uma marca relevante em sua caminhada nesta edição do torneio. Nesta quarta-feira (19), no Estádio Nilton Santos, o zagueiro Bastos, no último lance, evitou a derrota para o Athletico-PR, decretou o 1 a 1 e deixou o Glorioso em uma posição de privilégio na competição.

A equipe de Artur Jorge é o único participante da Série A que, em dez rodadas, balançou o coreto adversário em todos os compromissos. O Bahia, que visita o Flamengo, nesta quinta-feira (20), no Maracanã, pode igualar o Botafogo. Juventude e Criciúma também marcaram em todas as partidas desta edição. Porém, os sulistas entraram em campo menos vezes. Os gaúchos, em nove oportunidades. Os catarinenses, em oito.

Por falar em bola na rede, o Botafogo saiu de campo, no Colosso do Subúrbio, com o melhor ataque: 17 gols: média, portanto, de 1,7 por embate. O Flamengo, no entanto, com 16, pode ultrapassá-lo nesta jornada, diante do Tricolor de Aço, no Mário Filho.

Publicidade

Botafogo invicto

O Alvinegro também mantém uma invencibilidade de cinco partidas no Brasileirão e dez no total (acrescentando Copa do Brasil e Libertadores). A última derrota ocorreu no dia 5 de maio, para o Bahia por 2 a 1, no Estádio Nilton Santos. Apesar da má atuação diante do Furacão e de muitas críticas dos torcedores, o técnico Artur Jorge ressaltou o espírito de luta para não deixar a peteca cair.

Publicidade

“Demos uma demonstração forte do caráter, de uma equipe que nunca se entrega, nunca se rende, vai em busca daquilo lutando até a exaustão. É importante também porque continuamos sem perder, para podermos dar continuidade ao nosso trabalho, ao que queremos enquanto meta final, mas que ajuda a reforçar não só aquilo que temos como força e capacidade mental, mas também contribuir com pontos num caminho que será longo e de grandes dificuldades”, argumentou o treinador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.