Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Galo salva estreia dos brasileiros na Libertadores

Na competição, se o time não entrar concentrado, apostando somente na qualidade técnica, corre sério risco de ficar pelo caminho

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Pedro Souza/Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético Foto: Pedro Souza/Atlético (Jogada 10)

Foi surpreendente e decepcionante a estreia dos brasileiros na fase de grupos da Libertadores da América. Em sete jogos, somente uma vitória e uma ótima exibição: a do Atlético-MG, que goleou o Caracas, na Venezuela, por 4 a 1. No mais, foram três empates e três derrotas. O Galo, portanto, salvou a honra do país pentacampeão mundial.

Dois dos principais favoritos ao título começaram a disputa com empates. Jogando com reservas, o Palmeiras ficou no 1 a 1, fora de casa, com o San Lorenzo, num resultado de certa forma satisfatório. Já do placar de 1 a 1 do Flamengo não se pode dizer o mesmo. Apesar de alguns desfalques e da altitude de Bogotá, o time saiu na frente do Millonarios e, mesmo com o adversário tendo um jogador a menos em campo, não conseguiu segurar os três pontos diante dos colombianos.

Atual campeão, o Fluminense também não pôde contar com força máxima e sofreu na partida com o Alianza, em Lima. O Tricolor conseguiu arrancar um empate de 1 a 1, apesar de apresentar um rendimento bem abaixo da capacidade da equipe.

Trio vai de mal a pior no debute na Libertadores

Já Grêmio, São Paulo e Botafogo começaram a principal competição do continente com derrota. Atuando com reservas, o time gaúcho caiu por 2 a 0 na altitude boliviana para o The Strongest. Na Argentina, o São Paulo não resistiu ao Talleres e perdeu por 2 a 1. Já o Glorioso, num Nilton Santos lotado, amargou a pior estreia entre os brasileiros.

Publicidade

Com um péssimo primeiro tempo, foi atropelado pelo Junior Barranquilla e viu a classificação se complicar muito logo na primeira rodada com o revés de 3 a 1. Agora com novo técnico, o português Artur Jorge, o Botafogo terá que trocar o pneu do avião em pleno voo. Se dará certo ao longo da temporada, só o tempo vai dizer. Na Libertadores, sem dúvida, essa derrota em casa pode vir a ser muito lamentada.

É indiscutível que os clubes brasileiros são os grandes favoritos ao título, tanto que dominam a competição desde 2019. Porém, na Libertadores, se o time não entrar concentrado, apostando somente na qualidade técnica, corre sério risco de ficar pelo caminho. Exemplos disso não faltam…

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.