Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Gabigol: ‘Espero ficar no Flamengo por muito tempo’

Atacante entra no fim, sob vaias e xingamentos pelo uso da camisa do Corinthians. Mas faz gol no histórico 6 a 1 e tenta reconquistar...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Lucas Bayer / Jogada10

Neste histórico 6 a 1 do Flamengo sobre o Vasco, com atuações de gala de vários jogadores, Gabigol, que começou na reserva e entrou aos 35 da etapa final, era para ser coadjuvante. Mas se tornou um dos grandes personagens. Entrou em campo sonoramente vaiado. Afinal, há semanas, vestiu a camisa do Corinthians. A cada bola que tocava, xingamentos. Contudo, Gabi tem estrela. No último lance do jogo, apareceu desmarcado para concluir jogada de Wesley. Assim, colocou 6 a 1 no placar. O gol tornou este jogo histórico, pois com este tento o Mengo obteve, em 100 anos deste clássico, a sua maior goleada sobre o maior rival.

No fim do jogo, não era Cebolinha, dono de uma atuação fabulosa, Arrascaeta ou De La Cruz (sensacionais) que todos queriam escutar. Mas, sim, o ex-10 e agora camisa 99, um dos maiores goleadores da história. Afinal, todos queriam saber o que o artilheiro falaria sobre as primeiras vaias que recebeu da torcida desde que chegou para ser campeão de quase tudo com a camisa rubro-negra. E ele soltou o verbo.

” Tem gente que se abate com as críticas e tem gente que usa as críticas pra poder crescer. Já falei o que tinha que falar. Usei várias camisas de time, mas nunca usei camisa de time do Rio. Eu me arrependo, como já falei. Errei, foi uma coisa sem pensar.  Uma coisa que não teve nenhuma intenção. (Naquele dia) estava tranquilo na minha casa. Todo mundo sabe do meu amor pelo Flamengo, o quanto amo jogar aqui, o quanto amo jogar para essa torcida. Eu me identifico com o Flamengo, a questão é essa. Eu amo jogar no Flamengo, eu amo morar no Rio de Janeiro, e eu espero ficar aqui por muito tempo”, disse.

Fala, Gabigol

Publicidade

Gabi disse que não é capaz de agradar a todos. Mas que saem muitas coisas na imprensa que acabam influenciando o pensamento do torcedor, já chateado com o seu erro de usar a camisa do Corinthians, mesmo num dia de folga.

“Muita gente quer estragar essa relação entre mim e o Flamengo. Mas é só você ir pra parte boa, a dos colegas que me ajudam, a diretoria também me apoia. Saem muitas inverdades que eu também não posso ficar negando toda hora, ficaria chato da minha parte. O que tenho que fazer é focar meu treinamento, dar meu máximo como sempre fiz e, quando entrar, cinco, dez, 15 , um jogo inteiro, vou dar meu máximo. Às vezes vai dar errado, às vezes vai dar certo, a maioria dá certo. Sou muito feliz aqui, mas às vezes acontecem coisas ruins. Mas tô aqui pra dar o meu mpáximo, poder voltar ajudar e quando precisar vou estar pronto”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.