Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fluminense se livra dos seus fantasmas

Acaba a maldição da LDU. Fernando Diniz tem o elenco nas mãos e é digno de todos os elogios. Faz um trabalho sensacional no Fluminense...

Jogada 10|

Foto: Marina Garcia/Fluminense
Foto: Marina Garcia/Fluminense Foto: Marina Garcia/Fluminense (Jogada 10)

O Fluminense finalmente se livrou de um dos seus maiores traumas. O título da Recopa Sul-Americana conquistado no duelo com a LDU espanta um fantasma que vinha assombrando há mais de uma década. Afinal, a equipe equatoriana, dentro do Maracanã, havia impedido por duas vezes a conquista de títulos sul-americanos e deixado arrasada a torcida tricolor, principalmente em 2009, ano da perda da Libertadores.

No ano passado, o Fluminense já havia erguido a taça da Liberta e feito uma apoteótica comemoração com os seus torcedores no Maracanã. No entanto, faltava a LDU. E aí quis o destino que a Recopa fosse disputada justamente contra o time equatoriano, campeão da Sul-Americana.

Fluminense se impõe

A derrota fora de casa por 1 a 0 já fez os tricolores reviveram o passado com certo temor. Será que a história se repetiria? Que nada! Num Maracanã lotado, a torcida empurrou o time rumo a mais uma conquista pra lá de merecida. No primeiro tempo, o placar de 0 a 0 reforçou o nervosismo e a preocupação.

Na etapa final, o técnico Fernando Diniz lançou o time mais à frente e imprensou a LDU em seu campo de defesa. Mas aí veio a importância de ter um elenco experiente e vitorioso. Entraram Renato Augusto, Marcelo e Douglas Costa e a equipe tricolor cresceu de vez. Empatou e, logo depois, perdeu John Kennedy, expulso. Novamente tensão em campo e na torcida.

Publicidade

Mesmo com a desvantagem numérica, o Fluminense foi pra cima. E chegou ao segundo gol após pênalti em Renato Augusto. Autor dos dois gols, Jhon Arias deixou o campo como o herói do título. O colombiano vive excelente fase e, merecidamente, entra de vez na galeria dos ídolos. Diniz também. O técnico tem o elenco nas mãos e é digno de todos os elogios. Enfim, faz um trabalho sensacional no Tricolor, agora o supercampeão das Américas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.