Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fluminense pode igualar pior jejum da história em clássicos

Tricolor não vence rivais há quase um ano. São 12 jogos de jejum, com sete derrotas e cinco empates no período

Jogada 10|

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC (Jogada 10)

O Fluminense vai precisar quebrar uma incômoda marca para chegar à final do Campeonato Carioca. Com a derrota diante do Flamengo, neste sábado (9), por 2 a 0, o Tricolor completou 12 jogos de jejum em clássicos e pode igualar o seu pior tabu contra os rivais do Rio de Janeiro. Afinal, a última vitória aconteceu há quase um ano, na decisão do estadual de 2023.

Veja as últimas notícias do Fluminense!

No ano passado, o Fluminense foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0 na partida de ida da final e precisava vencer por três gols de diferença para conquistar o bicampeonato. Na volta, o Tricolor venceu por 4 a 1 e, dessa forma, sagrou-se campeão. Desde então, foram 12 clássicos, sete derrotas e cinco empates.

“É uma marca que incomoda todo mundo. É uma marca negativa. Estamos tentando sair dela. Os clássicos que não ganhamos, a maioria não merecemos ganhar mesmo. Temos jogado mal a maioria dos clássicos, por isso não conseguimos vencer. Temos que jogar bem, marcar bem para aumentar nossa chance de vencer”, disse Diniz.

Publicidade

Caso não vença o Flamengo no próximo sábado (16), às 21h (de Brasília), no Maracanã, pelo jogo de volta da semifinal, o Fluminense atinge 13 jogos de jejum e, assim, igualaria a pior marca da história do clube. Entre 1961-1962 e 1995-1996, o Tricolor também ficou 13 partidas sem vencer os rivais.

Diniz tem marca negativa na história

Se o técnico Fernando Diniz será sempre lembrado pelas conquistas da Libertadores e Recopa Sul-Americana, também pode ficar marcado pelo péssimo desempenho em clássicos. Afinal, Diniz tem o pior desempenho de um técnico em clássicos na história tricolor. Ao todo, são 31 jogos, seis vitórias, nove empates e 16 derrotas, com 30% de aproveitamento.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.