Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fluminense empata na Argentina jogo que teve Marcelo quebrando a perna de rival

Lateral dá pisão em rival sem querer, mas leva vermelho. Argentinos termonam com jogador de linha no gol na reta final. No fim, 1 a...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

Argentino Juniors e Fluminense protagonizaram um jogo dramático nesta terça-feira (1/8), pela ida das oitavas de final da Libertadores. O jogo foi no Estádio Diego Maradona, em Buenos Aires. O time da casa saiu na frente com Ávalos, o Flu perdeu chances e Marcelo fraturou a perna do zagueiro Luciano Sánchez, mas sem querer. E , durante os últimos 20 minutos (incluindo acréscimos), o time da casa, que vencia por 1 a 0, jogou com um atacante improvisado como goleiro (o arqueiro foi expulso aos 32 minutos da etapa final e seu time já tinha feito todas as substituições). Foi só aí que o Tricolor empatou, num golaço de Samuel Xavier.

Veja aqui a tabela de jogos da Libertadores

Com o resultado, tudo aberto para o jogo da volta, na próxima terça-feira (8/8) no Maracanã. Quem vencer, avança. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Quem se classificar para as quartas de final terá Olimpia ou Flamengo pela frente.

Fluminense deixa a desejar no 1º tempo

O Fluminense não começou bem, com erros de posicionamento que deram a oportunidade para o Argentinos Jrs dominar os primeiros minutos e chegar ao primeiro gol aos 12 minutos. O lateral-esquerdo Bittolo, que ganhava muitos lances em cima de Samuel Xavier, conseguiu fazer um cruzamento que Cabrera, sem a devida marcação de Marcelo, ajeitou de cabeça para Ávalos – no meio dos dois zagueiros – bater para o gol. O Fluminense conseguiu encaixar o seu jogo depois que ficou atrás do placar e até rondou com perigo a área dos argentinos. Árias deu um chute cruzado que o seu xará, goleiro Martín Árias, defendeu. Mas foi do time da casa a melhor chance: Ávalos entrou na área e chutou para grande defesa de Fábio Mas, felizmente para o Flu, Ávalos, de longe do jogador mais perigoso dos argentinos, sentiu uma lesão e saiu ainda no primeiro tempo.

Publicidade

Marcelo quebra a perna de rival

Mais ligado no segundo tempo, com muita movimentação, o Fluminense mostrou a sua cara. E lamentou demais quando André teve duas chances aos oito minutos. Ele apareceu como elemento surpresa na área, pela direita, e chutou na trave. Mas a bola voltou para André, que chutou por cima. Em seguida, veio o lance mais dramático da partida. Numa disputa de bola, Marcelo pisou (sem nenhum intenção) no zagueiro Luciano Sánchez que veio no carrinho. A imagem foi chocante, pois a perna do defensor, fraturada, dobrou. Marcelo, desesperou-se ao ver a lesão do rival. Acabou sendo expulso após a ida do árbitro ao VAR, mas saiu consolado por todos os jogadores, inclusive os argentinos.

Goleiro argentino expulso. Atacante vai para o gol

A bola voltou a rolar e o jogo ficou elétrico despois dos 25 minutos. E o Fluminense entrou de vez na partida quando, aos 31, o goleiro Martin Árias, para evitar o gol de Diogo Barbosa, saiu da área e fez falta. Levou vermelho. Mas como o treinador dos Argentinos já tinha feito todas das alterações, um jogador da linha, Heredia, foi para o gol.

Publicidade

Enfim, o empate do Fluminense

Ainda faltavam pelo menos 13 minutos e os acréscimos para o Tricolor aproveitar a situação inusitada para empatar. Enfim veio o gol, aos 43, uma bomba de Samuel Xavier no ângulo. Nos minutos finais, Diniz colocou o time para a frente, entrou com Yony González, tudo para construir uma jogada e, condições de tentar arrematar ao gol do atacante improvisado de arqueiro. Mas o jogo ficou no 1 a 1.

ARGENTINOS JUNIORS 1X1 FLUMINENSE

Oitavas de final da Copa Libertadores-2023

Data: 1/8/2023

Local: Estádio Diego Armando Maradona, Buenos Aires (ARG)

ARGENTINOS JUNIORS: Martin Árias; Luciano Sánchez (Minissale, 14’/2ºT), Di Césare e Villalba; Redondo, Cabrera, Metilli (Vera, 30’/2ºT), Moyano e Bíttolo (Heredia, 28’/ 2ºT)’; Gondou (Rafa Cabral, 28’/2ºT) e Ávalos (Verón, 43’/1ºT). Técnico: Gabriel Milito

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Martinelli, 34’/2ºT) e Marcelo; André, Lima, Ganso (Digo Barbosa, 14’/2ºT) e Arias (Yony González, 46’/2ºT); Keno (Leo Fernández, 34’/2ºT) e Cano. Técnico: Fernando Diniz

Gols: Ávalos, 12’/1ºT (1-0); Samuiel Xavier, 43’/2ºT (1-1)

Árbitro: Piero Maza (CHI)

Assistentes: José Retamal (CHI) e Alejandro Molina (CHI)

VAR: Rodrigo Carvajal (CHI)

Cartões amarelos: Villalba (ARG); Felipe Melo (FLU)

Cartões vermelhos: Marcelo, Árias (FLU, 12’/2ºT); Martin Árias, Di Ceasare (ARG, 31’/2ºT)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.