Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Filme sobre ídolo do Flamengo ganha prêmio no Cinefoot

“Magro de Aço”, baseado na história do ex-zagueiro do Flamengo, Ronaldo Angelim, foi eleito o melhor curta-metragem na cerimônia internacional...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação Cinefoot

A 14ª edição do Cinefoot, único festival de cinema dedicado ao futebol no Brasil, premiou uma obra focada em um ídolo do Flamengo. Trata-se do filme “Magro de Aço”, que recebeu a taça de melhor curta-metragem. Com a direção de Renato Martins, a produção conta a história de Ronaldo Angelim. Afinal, o zagueiro teve feito marcante ao alcançar a eternidade, já que foi o autor do gol do título do Campeonato Brasileiro de 2009, tornando-se o herói do rubro-negro do hexacampeonato no torneio.

Ronaldo Angelim durante gravação do filme “Magro de Aço”, premiado no Cinefoot – Foto: DivulgaçãoAlém disso, houve a consagração de outro filme nacional na cerimônia a nível mundial. No caso, a obra cinematográfica paulista “As Primeiras”, com direção de Adriana Yañez, foi escolhida o melhor longa-metragem. Além da premiação em outra categoria, o “Canal Like”.

A produção narra a vida de um grupo de mulheres que vivem nos subúrbios do Rio de Janeiro. Perto dos 60 anos, guardam um passado em comum: são a base da primeira seleção feminina de futebol do Brasil.

Publicidade

Confira a lista de todos os premiados no Cinefoot

Taça Cinefoot de Melhor Longa-Metragem:
As Primeiras”, direção de Adriana Yañez, São Paulo.

Publicidade


Prata: 2˚ Lugar na categoria Longa-metragem:

“A Última Partida”, Dir. Jordi Marcos, Espanha.

Publicidade


Bronze: 3˚ Lugar na categoria Longa-metragem:

“Lucy – O Destino de uma Pioneira”, Dir. Roberto Pili, Itália.


Taça Cinefoot de Melhor Curta-Metragem:

Magro de Aço”, direção de Renato Martins, Rio de Janeiro.


Prata: 2˚ Lugar na categoria Curta-metragem:

“Estrelas do Deserto”, Dir. Katherina Harder Sacre, Chile.


Bronze: 3˚ Lugar na categoria Curta-metragem:

“Campos Conquistados: A Luta das Mulheres na Arbitragem Brasileira de Futebol”, Dir. Jéssica Gomes, São Paulo.


Troféu João Saldanha:

Camisas Negras, Uma Jornada Histórica”, Dir. Thaís Vieira, Rio de Janeiro.


Troféu REDAÇÃO AM:

Luciana Zogaib, da Rádio Nacional.


Troféu MUSEU DA PELADA:

“A Última Partida”, Dir. Jordi Marcos, Espanha.


Prêmio Canal Like:

As Primeiras”, direção de Adriana Yañez, São Paulo.


Siga o Jogada10 nas redes sociais: 
TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.