Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ferj cria comissão para apurar morte de árbitro que passou mal em teste físico

Feliphe da Cunha Oliveira Cabral da Silva, de 30 anos, morreu cinco dias depois após o mal-estar

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução / Internet

A Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) criou uma comissão para apurar a morte do árbitro Feliphe da Cunha Oliveira Cabral da Silva, de 30 anos. Ele morreu após ter um mal súbito durante um teste físico realizado pela entidade, na Vila Olímpica Professor Manoel José Gomes Tubino, no dia 4 de maio.

Após se sentir mal, Feliphe foi levado para o hospital. Ele morreu cinco dias depois. Segundo o jornal “O Dia”, uma testemunha disse que o árbitro caiu durante a parte final do teste.

Publicidade

Em resumo, a Ferj, em nota oficial, afirmou que ele recebeu assistência imediata de uma UTI móvel. Além disso, a federação lamentou o ocorrido e decretou luto.

Como funcionará a comissão

A Ferj estabeleceu o prazo de 30 dias para a emissão de parecer e relatório sobre o caso. A comissão contará com auditores de tribunais desportivos, além de um um procurador do Estado do Rio de Janeiro, uma coordenadora médica do SAMU e tem ainda o presidente da Associação Nacional de Árbitros de Futebol (ANAF), Salmo Valentim, e o diretor do Departamento de Medicina e Saúde da Ferh, Emmanuel Godoi.

Publicidade

Em resumo, os membros do conselho poderão verificar documento, ouvir dirigentes, médicos do departamento de arbitragem, árbitros e assistentes, além de testemunhas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.