Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Felipe volta ao Vasco após 12 anos; relembre última passagem

Maestro retornou em 2010 para período que durou até o fim de 2012; craque venceu a Copa do Brasil com o Vasco

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br

O Vasco está perto de anunciar o ex-jogador Felipe como diretor técnico de sua SAF. Muito próximo do presidente Pedrinho, o ex-lateral e meia voltará ao clube que o revelou 12 anos depois de sua saída. O Jogada10 relembra, então, como foi a última passagem do jogador em São Januário.

LEIA MAIS: Presidente do Cuiabá revela que Vasco e Cruzeiro fizeram sondagens por Deyverson

Felipe encerrou a carreira em 2013, atuando pelo Fluminense. Ele estava desde julho de 2010 no Vasco, ficando até o fim de 2012. Na ocasião, quando o Cruz-Maltino fazia mudanças no departamento de futebol, o meia se desentendeu com René Simões, saindo pela porta dos fundos à época.

Simões tinha sido contratado no dia 3 de dezembro de 2012 para ser Diretor de Futebol do clube. No dia 21, porém, rescindiu o contrato do jogador após entrevista em que Felipe reclamava de não ter recebido salário.

Publicidade

Retorno

Felipe era sonho da torcida desde sua saída, em 2002. Após passagens por Flamengo e Fluminense, o craque foi para o Al-Sadd (QAT) em 2005, permanecendo até 2010. O Vasco, então, anunciou seu retorno em julho do mesmo ano. Ele reestreou em empate por 0 a 0 contra o Flamengo, no Maracanã, em 1º de agosto.

Publicidade

Nesta primeira temporada de volta à Colina, Felipe marcou um gol e contribuiu com cinco assistências. No ano seguinte, apesar de um péssimo começo de campanha no Carioca, o Maestro ajudou no melhor ano do Vasco desde 2000.

Ele foi um dos principais atletas na conquista inédita da Copa do Brasil, em junho de 2011. Também ajudou no vice-campeonato brasileiro e na campanha de semifinalista da Sul-Americana do mesmo ano. Foram sete gols e duas assistências.

Publicidade

Em 2012, participou ainda mais, com cinco bolas na rede e cinco passes para gols. No entanto, o time não alcançou os objetivos, ficando fora da Libertadores de 2013. Ao fim do ano, houve a citada briga com René Simões, que o dispensou do elenco. Ele disputaria a temporada seguinte com o Fluminense, anunciando aposentadoria ao fim da mesma.

Além do título da Copa do Brasil, o ponto alto do retorno de Felipe foi em duelo contra o Flamengo. Pela semifinal da Taça Rio 2012, o craque marcou dois gols na vitória por 3 a 2, no Nilton Santos, ajudando na classificação vascaína.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.