Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-jogador do Vasco é preso suspeito de assassinar dono de joalheria no Rio de Janeiro

Crime ocorreu em 2022, e ex-atleta é apontado pelas investigações como mentor pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC)

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Reprodução

Ex-jogador do Vasco, Anderson Lopes Domingos, popularmente conhecido como Pará, foi preso na manhã desta quarta-feira (26). Ele é um dos principais suspeitos pelo assassinato do dono de uma joalheria, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Pará foi preso junto com outros suspeitos. Ele é apontado, aliás, como mentor do crime pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). Todos eles foram encontrados pela polícia em uma favela na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O crime ocorreu em 2022. Ronaldo Palua era proprietário de uma joalheria e foi surpreendido por homens armados, que atiraram. Ele ainda foi levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Publicidade

Curiosamente, a investigação descobriu um roubo de um cordão de um pedestre, ocorrido no fim de dezembro em 2022. As características físicas se assemelhavam às dos suspeitos do homicídio praticado na joalheria. Um já estava preso o outro é Pará.

Pará vestiu as cores do Vasco em 2003. Ele também jogou em clubes da Turquia e no Madureira, do Rio de Janeiro.

Publicidade

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.