Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-Fluminense marca e Zenit é campeão da Copa da Rússia

Nino, além de salvar um gol, faz um dos tentos que garantem o 2 a 1 com o Baltika. É quinto caneco do time na competição

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: divulgação FC Baltika

O Zenit é o campeão da Copa da Rússia e com assinatura brasileira de Nino. Afinal, no duelo com o Baltika, o time perdia a final por 1 a 0 – gol do brasileiro Alex Fernandes – até os 36 minutos do segundo tempo. Então, o zagueiro Nino, ex-Fluminense e Seleção Brasileira, empatou, fazendo seu primeiro gol pelo clube. Nos acréscimos, aos 50, o outro defendor do time, Alip, fez o gol da virada para festa da torcida do time de São Petersburgo que foi maioria dos mais de 40 mil presentes ao estádio Lujniki, em Moscou.

O Zenit, atual hexacampeão nacional, chegou à sua quinta Copa da Rússia. O time da cidade de São Petersburgo conta com vários brasileiros de renome Nino, que além do gol salvou um em cima da linha, e  Claudinho (ex-Bragantino e Seleção Brasileira) são os mais conhecidos. Mas há Wendel (ex-Fluminense), Artur (ex-Palmeiras), Mantuan (ex-Corinthians) e Douglas Santos (ex-Atlético). Além deles, Mário Fernandes, brasileiro (ex-Grêmio) naturalizado russo e que defende a Seleção daquele país há anos, inclusive jogando a Copa de 2018.

Zenit em cima, mas quem marca é o Baltika

O Zenit mandou em campo. Foi um massacre desde primeiro minuito, com mais de 70% de posse e uma série de chances desperdiçadas. Sergeev perdeu uma sem goleiro, chutando pra fora. Mas quem brilhava mesmo era o goleiro Latyshonok, que fez quatro defesas em chutes de Cassierra (duas vezes), Sergeev e Claudinho. Nos contra-ataques, o Baltika assustou., Lisakovich só não marcou porque Nino se jogou na bola e salvou em cima da linha. Porém, aos 40, após contraátaque pela dieita, Kozlov cruzou e Alex Fernandes tocou para o gol vazio.

Publicidade

Zagueiros Nino e Alip marcam. Virada e tíulo

No segundo tempo, pressão ainda mais insana, com o Zenit (já com Mantuan em campo) pressionando muito. Aos 21, um lance decisivo Após muita pressão na área, a bola ficou com Mantuan, que atrasou para Wendell, na entrada da área, chutar rasteito e colocar na rede.  Mas o juiz foi ao VAR e anulou. Contudo aos 36 minutos, veio o empate. Após escanteio e confusão na área, com direito a zagueiro salvar na linha, a sobra ficou com Nino: 1 a 1. E se os atacantes não marcavam, os zagueiros marcam presença. Aos 50 minutos,  quanod tudo indicava decisão nos pênaltis, Mostovoi (que entrara no segundo tempo) cruzou da esquerda e o zagueiro Alip, de cabeça fez o gol da virada e do título.

Publicidade

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.