Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ex-colega de cela afirma que Daniel Alves planeja fugir para Brasil

Detento que ficou na cadeia com Daniel Alves disse que o ex-jogador revelou intenção de sair da Espanha em caso de liberdade provisória...

Jogada 10|

Foto: Jordi Borras/AFP via Getty Images
Foto: Jordi Borras/AFP via Getty Images Foto: Jordi Borras/AFP via Getty Images (Jogada 10)

O ex-jogador Daniel Alves, acusado de estuprar uma jovem numa boate na Espanha, aguarda a sentença do Tribunal de Barcelona, após três dias de julgamento. E um ex-colega de cela declarou em entrevista ao programa de TV “TardeAR” que Daniel revelou a intenção de voltar para o Brasil, caso a sua defesa consiga o benefício da liberdade provisória.

A Justiça da Espanha não estabelece prazo para o veredito. E a defesa de Daniel pediu liberdade condicional até a divulgação do resultado. Entretanto, o pedido não foi aceito justamente porque a promotoria e a advogada de acusação temem uma fuga do ex-lateral para o Brasil. A promotoria pediu uma condenação de 9 anos. Já a acusação quer pena máxima, de 12 anos.

A imprensa local estima que, por causa da repercussão do assunto, é provável que o tribunal revele a sentença em até duas semanas. E, mesmo que ele sofra uma condenação, não deverá ficar preso pelo tempo integral da pena. Daniel teria que cumprir 2/3 do período estipulado pela sentença. E, por pagar uma multa que atenua a punição, esse período se limitaria à metade.

Além disso, havendo condenação, a defesa de Daniel Alves ainda poderia levar o caso à segunda instância, dando entrada com recurso no Tribunal de Apelação.

Publicidade

Imprensa internacional prevê condenação de Daniel Alves

A imprensa internacional aposta na condenação do ex-jogador. Assim, afirma que há poucas chances de Daniel se livrar da cadeia. O jornal Le Parisien disse que os argumentos da equipe de advogados de Daniel são frágeis. O L’Équipe destacou as mudanças de versões de Daniel desde o momento em que surgiu a acusação. Além disso, ironizou o último argumento do ex-jogador, de quem estaria embriagado no momento da relação que, segundo ele, foi consensual.

“Alves estava tão bêbado a ponto de não lembrar dos detalhes da relação?”, questionou o jornal.

Publicidade

Detento afirma que Daniel não tem esperança

Daniel Alves está preso desde o dia 20 de janeiro. Uma semana atrás, um companheiro de prisão disse, em depoimento como testemunha, que Daniel Alves acha que sofrerá uma condenação.

“Ele considera o julgamento perdido”, afirmou.

Publicidade

Ele também disse que a chegada do ex-atleta assustou os detentos no começo e que Daniel teve dificuldades de adaptação. Mas depois conseguiu se ajustar e manteve uma rotina de atividades físicas, ajudando todos a praticar exercícios diariamente.

“Ele deixou todos em forma”, declarou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais:Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.