Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-astro do futebol tem discussão ríspida com técnico da seleção de Camarões

Razão da discordância seria pelo treinador ter sido escolhido pelo governo do país africano e não pelo ex-atleta e atual presidente...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução

A seleção de Camarões vive período de jejum de títulos e protagonismo em nível continental há pelo menos seis anos. Exatamente porque sua última grande conquista foi a Copa Africana de Nações em 2017. Tal situação incomoda, pois o país é o segundo maior vencedor do torneio e uma das equipes nacionais mais fortes da África.

Assim, para tentar reverter a situação, o ex-atacante Samuel Eto’o assumiu a presidência da Federação Camaronesa de Futebol (Fecafoot) no fim de 2021. No entanto, a sua passagem como dirigente vem sendo marcada por polêmicas. Na última delas, o ex-astro do futebol discutiu com o treinador belga Marc Brys, na primeira vez que os dois estiveram juntos em frente às câmeras, depois de o comandante assumir o cargo.

Treta entre Eto’o e o técnico da Seleção de Camarões

Publicidade

Eto’o irritou-se pelo fato da escolha do novo treinador ter sido feita pelo governo. Mais especificamente pelo Ministério do Esporte. Assim, de acordo com o veículo francês “RMC Sport”, os dois deveriam ter uma reunião com a instituição. Porém, o ex-atacante ficou enfurecido com um membro do governo.

Em seguida, o desentendimento com o técnico começou após o profissional colocar a mão no braço do ex-atleta.

Publicidade

“Não me toque assim, sr. treinador”, indica Eto’o.

Posteriormente, Brys responde:

Publicidade

“Porque está falando assim comigo?”, questiona o comandante.

O ex-astro, então, levanta o tom de voz

“Você não é o treinador porque alguém o colocou aqui. Já errou muitas vezes e por isso peço-lhe que permaneça nesta reunião. Porque se não ficar, sou obrigado a interrogar a minha comissão executiva, como é exigido a mim por lei. Por isso, peço-lhe mais uma vez que fique aqui”, disparou.

Depois, o técnico perguntou.

“Já estou aqui há dois meses, onde é que você esteve?”, apontou.

Até que o ex-atacante replicou.

“Eu sou o presidente, não se pode fazer política aqui em Camarões”, afirmou.

Assim, Brys argumenta que ele é quem fica responsável pelas decisões.

“No final de contas, eu é que decido o que vou fazer”, alega o treinador.

Entretanto, Eto’o discorda de sua fala

“Não, não decide, porque o que o sr. treinador fizer, eu é que assumo a responsabilidade, eu é que sou o presidente da Federação. No seu país eu não faria isso. E não fale assim comigo”, declarou.

Troca de acusações

Os dois trocaram acusações, com o treinador valorizando o seu trabalho.

“Você nunca foi um técnico”, indicou.

Posteriormente, o atacante frisou a classe dos jogadores.

“E você nunca foi jogador”, respondeu com rusgas.

Até que os dois apertaram as mãos e o comandante parabenizou Eto’o. Marc Brys passou a ser treinador da seleção de Camarões neste ano. Exatamente após a eliminação da equipe para a Nigéria, na última edição da Copa Africana. O técnico do adversário em questão, o português José Peseiro, era um dos favoritos do presidente da Federação Camaronesa a assumir o cargo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.