Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Endrick se despede do Palmeiras com choro e emoção: ‘Feliz e triste ao mesmo tempo’

Atacante faz último jogo antes de transferência para o Real Madrid e recebe homenagens. Endrick jogará a Copa América antes de ida...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Nelson Almeida/AFP via Getty Images

Chegou ao fim a passagem de Endrick pelo Palmeiras. O camisa 9 fez sua última partida pelo Alviverde nesta quinta-feira, no empate com o San Lorenzo (ARG), e se emocionou. Afinal, antes da partida, o futuro atacante do Real Madrid se debulhou em lágrimas. Ao apito final, contudo, ele explicou o choro.

“Eu fico feliz e triste ao mesmo tempo, porque, como eu já falei, eu prezo muito a gratidão. Eu tenho muita gratidão para o Palmeiras por tudo o que fez na minha vida e por tudo que faz. Agora é difícil falar, mas eu estou muito feliz. Eu chorei ali, mas vou tentar não chorar de novo para ficar tranquilo”, disse Endrick.

Publicidade

O jovem, que completa 18 anos em julho, agradeceu ao apoio que sempre recebeu da família, mas também do Palmeiras. Endrick disse que o clube é sua segunda casa e que seus companheiros são sua segunda família.

“Minha família é tudo. Só tenho a agradecer a eles. Meu pai, minha irmã, meu irmão, minha mãe são a base de tudo. Tem as pessoas que ficam ao meu redor também, tem a minha namorada, tem o meu estafe… Agradeço a eles porque eles realmente estiveram comigo em todo esse tempo. Meus companheiros de clube também, a comissão técnica… O Palmeiras é uma família para mim também. A gente brinca de vez em quando que passamos mais tempo com eles do que com a nossa família porque tem muitas viagens, tem vezes que a gente fica três dias fora. Fico muito feliz por tudo e só agradeço a Deus por ter colocado duas famílias maravilhosas na minha vida”, declarou.

Publicidade

Seleção Brasileira

Publicidade

Antes de se apresentar ao Real Madrid, porém, Endrick jogará a Copa América 2024 com a Seleção Brasileira nos Estados Unidos. O atacante projetou o torneio, disse que o grupo está unido e que o Brasil tem tudo para ser campeão.

Muito feliz por poder representar o país. Espero que nós possamos ganhar essa competição, mas a gente sabe que vai ser difícil, tem times excelentes. O primeiro pensamento é jogar bem a primeira fase e depois ver o que vai acontecer. Eu creio que é um time muito unido, só pelos jogos que a gente jogou contra a Inglaterra e contra a Espanha. É um novo ciclo, é uma nova família que está se criando. Nós sabemos o quanto vai ser difícil, mas eu creio que o Dorival está acompanhando, e a gente só vai seguir o que ele mandar. E vamos ser felizes dentro de campo, que é uma equipe muito nova. A gente vai brincar, vai sorrir, vai marcar, vai fazer gols e, se Deus quiser, com a torcida de todos os brasileiros, vamos conquistar a Copa América.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.