Jogada 10 Empresário diz que São Paulo não se esforçou para manter Caio Paulista

Empresário diz que São Paulo não se esforçou para manter Caio Paulista

Eduardo Uram afirma que clube não deu 'o mínimo' pela permanência do jogador e tentou envolver direitos e dívidas com o Fluminense...

Jogada 10
Foto: Rubens Chiri /saopaulofc.net

Foto: Rubens Chiri /saopaulofc.net

Jogada 10

A novela Caio Paulista vem gerando um grande imbróglio nos últimos dias. O jogador estava praticamente acertado com o São Paulo, mas, agora, está encaminhado para ser o novo reforço do Palmeiras. A reviravolta se passa pelo empresário do lateral, que vem conduzindo as negociações com o Verdão.

Nesta terça-feira (26), Eduardo Uram deu sua versão sobre o imbróglio e declarou que o clube do Morumbi queria “comprar Caio por escambo”. O staff afirma que o São Paulo quis amenizar os valores com direitos de atletas e o perdão de algumas dívidas do Fluminense com a equipe paulista.

“O Caio não é um saco de batata, jogador de futebol não é saco de batata. Saco de batata você vende do jeito que quer, o saco de batata não fala onde quer ser colocado, que prateleira ele quer. O mínimo que o Caio pediu, o São Paulo não deu. Parcelamento é o de menos, o São Paulo queria comprar o Caio por escambo”, disse Uram, ao ge.

Além de negociar o parcelamento, o Tricolor tentou oferecer débitos de outras transferências para abater o valor, como da ida de Hudson para o Fluminense. No Morumbi, esperava-se que o negócio fosse selado na volta dos cariocas da Arábia Saudita, onde estavam disputando o Mundial. Contudo, os contatos com o agente se tornaram raros. E aí apareceu o Palmeiras.

“O São Paulo tem mérito em trabalhar com obediência orçamentária, com responsabilidade, e eles não tinham como pagar. Não acho que eles tenham errado nessa parte, eles têm direito de refazer proposta, buscar o melhor negócio, repito, tem mérito. Você quer Ferrari, mas não tem como pagar. O que não pode é justificar dessa maneira”, completou o empresário.

Palmeiras vê negociação limpa por Caio Paulista

O Verdão, por sua vez, disse que sempre foi honesto com o Tricolor, sustentando que estava interessado na contratação do lateral. Assim, a partir do momento no qual a negociação pareceu viável ao Palmeiras e houve uma sinalização positiva do staff e do atleta, as tratativas avançaram. O Alviverde não vê que jogou sujo com o rival e apenas entrou no negócio, após o empresário e o Fluminense dar o aval para as conversas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas