Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Empresa dona do Aston Villa negocia para comprar SAF do Vasco

V Sports, interessada na SAF do Vasco, é uma empresa com histórico de administrar clubes pelo mundo e tem dois bilionários como donos...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Aston Villa

O Vasco associativo e a 777 Partners entraram em disputa judicial. Especialmente devido ao noticiário internacional, que indica uma crise financeira da empresa norte-americana. Assim, tal embate influencia a negociação das ações da SAF do Cruz-Maltino, que a 777 Partners é dona. Algumas companhias já têm conversas para adquiri-las. Uma delas, segundo apuração do Jogada10, é a V Sports, que é proprietária do Aston Villa (ING).

A companhia já tem o histórico de administrar outros clubes pelo mundo. Um exemplo disso é o Vitória de Guimarães, de Portugal, clube do qual detém 29% das ações. Além disso, conta com acordos de parceria com o Vissel Kobe, do Japão, ZED FC, do Egito, e Real Unión, da Espanha.

O trabalho de referência da V Sports é exatamente o Aston Villa, do qual possui 100% das ações. A empresa adquiriu os direitos do clube inglês em 2018, quando estava retornando à Premier League. Após seis anos, a equipe chegou às semifinais da Liga Conferência.

Publicidade

Além disso, terminou o Campeonato Inglês na quarta colocação e sendo competitivo contra as principais equipes. A posição lhe garantiu uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões, algo que não ocorria há 41 anos. Os donos da empresa são dois bilionários. No caso, o norte-americano Wesley Edens, que é também co-proprietário do Milwaukee Bucks, time da NBA. Assim como o egípcio Nassef Sawiris, o segundo homem mais rico da África, segundo a Forbes.

Crefisa já esteve no páreo para adquirir a SAF do Vasco

Publicidade

O empresário Roberto Lamacchia, marido de Leila Pereira e dono da Crefisa, conversava com Pedrinho, presidente do Vasco, sobre uma possível compra da SAF. A propósito, já estava em negociações com a 777 Partners há alguns meses. Contudo, a pressão política que a sua esposa recebeu da sua oposição no Palmeiras lhe fez recuar nas tratativas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.