Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Emiliano Díaz critica segundo tempo do Vasco: ‘Não gostei de nada’

Auxiliar técnico diz Vasco time teve o melhor rendimento em uma primeira etapa desde a sua chegada, mas detona atuação da segunda etapa...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Leandro Amorim/Vasco
Foto: Leandro Amorim/Vasco Foto: Leandro Amorim/Vasco (Jogada 10)

O Vasco garantiu sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil ao vencer o Água Santa nos pênaltis, na noite desta quinta-feira (7), em São Januário. Após a partida, o auxiliar técnico Emiliano Díaz elogiou o desempenho da equipe na primeira etapa, quando abriram 2 a 0. Entretanto criticou veementemente o segundo tempo.

“Realizamos nossa melhor performance em 45 minutos desde que chegamos ao Vasco. No segundo tempo, nos envolvemos em um estilo de jogo que não era o ideal, focando em contra-ataques. Não gostei de nada. Precisamos continuar evoluindo, mantendo o ritmo do primeiro tempo e aprimorando”, afirmou.

Após a classificação, Ramón Díaz não demonstrou grande euforia. O treinador saiu em direção ao vestiário sem grandes celebrações pela vitória nos pênaltis. Ao ser questionado, seu filho declarou que, como técnicos, não apreciam ganhar dessa maneira.

“O time está trabalhando duro há sete meses para atingir um nível que almejamos e trabalhamos para isso, mas depois apresentamos um segundo tempo completamente diferente. Não nos agrada. Precisamos replicar aquela primeira parte durante os 90 minutos. Como treinadores, não nos sentimos satisfeitos. Em outro Vasco, com outra mentalidade, talvez pudéssemos comemorar dessa forma. Mas não gostamos de vencer assim. Trabalhamos muito para conquistar de outra maneira.”

Publicidade

Auxiliar vê aprendizado para o Vasco

Emiliano destacou que o aprendizado dessa partida é que a equipe deve jogar conforme acreditam durante todo o jogo. Ele voltou a criticar o desempenho do segundo tempo, mas valorizou a resiliência da equipe ao reagir após sofrer a virada.

“Após o jogo, sempre há aspectos a analisar e melhorar. O ensinamento que tiramos é que precisamos jogar da maneira que acreditamos, como fizemos no primeiro tempo, e manter essa consistência durante toda a partida. Apesar de um segundo tempo decepcionante, a equipe mostrou resiliência. Estou desapontado, mas também valorizo a força desse grupo, apesar de não ter gostado do que vi no segundo tempo”, explicou.

Publicidade

Emiliano Díaz revelou que não assistiu aos pênaltis, algo que ele evita em todas as cobranças: “Não gosto de acompanhar os pênaltis, nunca assisto. A equipe demonstra personalidade para sofrer e reagir quando necessário. Queremos mudar isso porque acreditamos que merecíamos avançar de outra forma. Tivemos 45 minutos perfeitos. Portanto, devemos continuar nessa trajetória.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.