Jogada 10 Emiliano afirma que ele e Ramón ficam no Vasco: ‘Estamos muito confortáveis no Rio’

Emiliano afirma que ele e Ramón ficam no Vasco: ‘Estamos muito confortáveis no Rio’

Auxiliar técnico de Ramón, Emiliano comenta sobre possível saída de Medel e fala sobre futuro como treinador

Jogada 10
Foto: Leandro Amorim/Vasco

Foto: Leandro Amorim/Vasco

Jogada 10

Para os torcedores do Vasco que estão preocupados com a permanência da família Díaz em São Januário, uma boa notícia: eles permanecem para 2024. Quem confirmou a continuação do trabalho no Vasco foi Emiliano Díaz, filho e auxiliar de Ramón. Com o grande trabalho da comissão técnica na reta final do Brasileirão, cruz-maltinos ficaram temerosos com a possibilidade deles deixarem o clube, apesar do contrato até o fim de 2024.

Em entrevista para a “Espn” da Argentina, Emiliano detalhou que ele e seu pai estão confortáveis vivendo no Rio de Janeiro. Além disso, falou que as mudanças que ocorrerão no clube para a próxima temporada o anima para a equipe brigar por “grandes coisas”, como definiu.

“A verdade é que estamos muito confortáveis no Rio. Nós temos mais um ano de contrato, então certamente sim (permanecerão no Vasco)”, disse.

“O clube vai fazer um esforço (por contratações) Estamos conversando com o CEO (Lúcio Barbosa) e as pessoas do clube. Trouxeram o diretor que é um dos mais reconhecidos do Brasil (Alexandre Mattos). o clube está planejando fazer essa mudança, aliás, já vem de uma grande mudança, que é permanecer na primeira divisão. A estrutura vai mudar e, dessa forma, espero que possamos fazer isso e conseguir coisas grandes com o Vasco”, completou.

Com Ramón e Emiliano Díaz, o Vasco teve uma grande virada de chave no Brasileiro. Cotado para cair para a Série B, a equipe carioca teve, com os argentinos, 10 vitórias, seis empates e oito derrotas.

LEIA: Ramón Díaz pede, e Vasco negocia com Bragantino a compra de Praxedes

Emiliano fala sobre a permanência de Medel

Durante a conversa com seus compatriotas, Emiliano foi questionado sobre a permanência de Medel no Vasco, afinal, comenta-se no país sul-americano o interesse do Boca Juniors pelo chileno. No entanto, Díaz afirmou que não está sabendo de uma possível saída do jogador.

“Gary Medel é uma peça fundamental para gente. Aliás, justamente antes da entrevista estava falando com ele. Ele não me contou nada, geralmente escrevemos um para o outro, mas ele não disse nada pra mim. Então, não acho que vai sair. Espero que ele fique conosco”, afirmou.

Veja outras respostas de Emiliano

Força da torcida do Vasco

“Muito lindo (a torcida em São Januário). Mas, quando temos que jogar no Maracanã, que jogamos uma única vez, eles também lotam. Encheram o Maracanã. Aliás, o Maracanã também fica pequeno para eles”.

Nível do futebol brasileiro

“O nível das equipes é muito forte. Quando vai jogar em casa, vai jogar no campo do Grêmio e Inter, por exemplo, são jogos diferentes. O time local é o time local, e o visitante é visitante. Na Argentina não acontece tanto isso. Há uma diferença, especialmente naqueles jogos com o Palmeiras, que joga com campo sintético. É outro esporte jogar ali. Então eles, com essa estrutura, são muito fortes. Como o Palmeiras, não tem um time vistoso como alguns gostam, mas ganha e tem jogadores de muita categoria”.

Futuro como técnico

“Estou me preparando para me lançar, mas Ramón ainda quer continuar dirigindo”.

Comparação com a Arábia

“O que acontece que na Arábia não entendíamos, mas a pressão existe da mesma forma, na vida cotidiana. As pessoas são todas muito parecidas porque também é um clube gigante e, sim, consomem futebol. Aqui no Brasil o futebol é muito consumido. Eles são loucos por futebol, vivem para isso e ainda são milhões de pessoas. Mas, em alguns anos, a Arábia será uma liga de ponta. Gallardo foi para um bom clube (Al-Ittihad).”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas