Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Em grande noite de Borja, River supera Libertad e está nas oitavas da Libertadores

Colombiano fez os dois gols no triunfo riverista em Buenos Aires

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/River Plate

Com atuação de altos e baixos, o River Plate fez seu papel e ganhou do Libertad, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores, por 2 a 0. Os dois gols de Miguel Borja, no Mâs Monumental, fizeram com que os argentinos chegassem aos 13 pontos, no Grupo H, e carimbasse seu passaporte para as oitavas de final. A chave é composta, também, por Nacional (sete pontos), Libertad (quatro) e Deportivo Táchira, na lanterna, com um ponto.

Nas primeiras ações do jogo, o River tentou rapidamente transformar sua superioridade em vantagem com Agustín Sant’Anna e Nacho Fernández tendo excelentes oportunidades. Todavia, o arqueiro Rodrigo Morínigo e até mesmo um jogador da própria equipe, Miguel Borja, acabaram sendo obstáculos para o primeiro tento sair.

Os paraguaios até conseguiram encaixar melhor a marcação e dividir, de maneira mais igualitária, a posse de bola do confronto ao longo da primeira etapa. Mesmo assim, antes do intervalo, o River seguiu assustando até furar o bloqueio aos 42 minutos. Após cruzamento de Milton Casco, vindo da esquerda, Borja dominou bonito na área, girou na marcação e bateu para estufar as redes de Morínigo.

Publicidade

Borja ao resgate

O retorno das equipes, no tempo complementar, ficou marcado pela ousadia do Libertad em avançar suas linhas com o intuito de abafar o ímpeto adversário. A iniciativa até deu certo na aproximação da meta adversária, mas falhou em converter a melhor chance formulada. Depois de excelente passe na grande área, Roque Santa Cruz parou em excelente intervenção de Franco Armani.

Publicidade

Após os 15 minutos e com alterações promovidas pelo Millonario, o controle das ações voltou a um nível de equilíbrio. Com isso, mesmo sem exercer grande pressão, o River Plate abria espaços suficientes para ampliar sua vantagem, mas tinha problemas na conclusão das jogadas. E coube novamente a Borja mudar esse cenário, aos 41. Ao receber passe na entrada da área, o colombiano ajeitou o corpo e bateu, com uma bonita curva, no extremo canto esquerdo de Rodrigo Morínigo. 2 a 0, placar final em Buenos Aires.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.