Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Dorival mostra ousadia ímpar em um Brasil que se renova em campo

Técnico admite dificuldade para se adaptar à nova função, mas mostra coragem com três estreantes na defesa, um no meio-campo e outro...

Jogada 10|

Foto: Lucas Bayer/Jogada10
Foto: Lucas Bayer/Jogada10 Foto: Lucas Bayer/Jogada10 (Jogada 10)

Ao fazer sua primeira convocação à frente da Seleção Brasileira, Dorival Júnior surpreendeu. Falta de jogador nunca foi o problema do Brasil.

A renovação se deu inicialmente com cinco nomes, três deles estreantes no setor defensivo, um no meio-campo e outro no ataque. São eles: o goleiro Rafael, os zagueiros Murilo e Beraldo, o volante Pablo Maia e o atacante Savinho.

Juntam-se a estes Bento, Ayrton Lucas, André, Andreas Pereira, João Gomes e Endrick. Embora sejam boas apostas, dificilmente algum dos novos nomes será titular nos dois primeiros compromissos do Brasil. Contudo, revelam um grito por renovação que supera o que o próprio Dorival anunciou antes de apresentar a lista.

Dorival fez a promessa de observar aqueles que jogam dentro do país e cumpriu à risca. Sete atuam no futebol brasileiro. Reconhece, ainda, obstáculos para adaptação à nova função.

Publicidade

Exigências dos enfrentamentos a europeus

E o segredo para superá-los não consiste unicamente em comandar treinos. Por vezes, assistir aos jogos será mais proveitoso em seu trabalho diário. Afinal, verificar tudo o ocorre fora do país contribuirá para o melhor entendimento acerca as exigências dos enfrentamentos aos europeus, inegavelmente o Calcanhar de Aquiles do Brasil após a conquista do quinto título mundial.

Finalmente, a Seleção terá pela frente dois amistosos à sua altura. Desafios de grau alto de dificuldade perante Inglaterra e Espanha.

Publicidade

Em 2023, o Brasil só derrotou Guiné, Bolívia e Peru. Foi o pior ano em 50 anos. Apesar de tudo, a imagem da Canarinho ainda goza de respeito lá fora.

Data-Fifa deve ser encarada pelos clubes brasileiros do mesmo modo resolutivo como a Europa já se adaptou há anos. O importante é dar foco na solução, e não nos empecilhos. O ônus e o bônus acometem a todos e em todos os lugares. Então, avançar é preciso.

Publicidade

O voto de confiança foi dado. Ao comandante e aos 26 nomes iniciais deste novo ciclo. Fica a torcida para que Pedro não faça falta.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.