Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Dirigente diz que Deyverson recusou o Santos e vai para outro clube

Presidente do Dourado reafirma que punição ao atleta foi por motivos disciplinares e informa que jogador assinará pré-contrato com...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Ascom Dourado

Depois de tomar a decisão de punir o atacante Deyverson por questões disciplinares e de ver o representante do jogador contestar essa versão, o presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, presidente do clube, revolveu se manifestar. O dirigente assegurou que o afastamento aconteceu devido a comportamentos desrespeitosos por parte do jogador. Além disso, revelou uma oferta oficial do Santos e informou que o atacante já tem um acordo verbal com outro clube.

“Vários incidentes de menor importância ocorreram, que fogem completamente do que o clube espera e exige de seus jogadores, e levaram à sua exclusão do jogo contra o Grêmio e contra o Garcilaso. Não foi uma decisão tomada sem motivo. Ele foi excluído por questões disciplinares devido a incidentes menores que ocorreram nos treinos, no pré-jogo em Goiânia e durante o jogo em Goiânia, o que me levou a tomar essa decisão disciplinar. Não é uma questão técnica, mas sim disciplinar”, explicou o presidente ao portal ge.

Dirigente desmente versão de agente

Publicidade

Cristiano Dresch contestou a afirmação de que Deyverson só ficou sabendo de sua exclusão no aeroporto, pouco antes da equipe embarcar para Porto Alegre.

“O Eder, nosso gerente de futebol o informou ontem (18). A comunicação foi pessoalmente, em torno de 13h. Essa afirmação do agente é falsa. É uma tentativa de desestabilizar o grupo. Deyverson não é uma criança. Ele é um adulto, um pai de família. Mas ele precisa seguir as regras do clube, não o contrário”, enfatizou o presidente do Cuiabá.

Publicidade

O mandatário revelou, ademais, que recebeu uma oferta oficial do Santos para adquirir o centroavante. De acordo com ele, o clube estava disposto a negociar a multa rescisória. Todavia, Deyverson e seu agente não concretizaram o negócio porque já há um acordo verbal com outro clube.

“O Santos hoje fez uma proposta de compra. Entrou em contato com o agente do Deyverson e fez uma proposta de um contrato de três anos, que não foi aceita. O Cuiabá estava disposto a negociar, hoje (19) é o último dia de negociações, nós não chegamos a um acordo em termos de valores. Entretanto, é algo que poderíamos chegar a um acordo, mas Deyverson não quis ir para o Santos. E o motivo pelo qual ele não quis, afnal, o próprio agente me disse, é que ele já tem um acordo verbal com outro clube e vai assinar um pré-contrato a partir de julho”, explicou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.