Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Diretor do Flamengo sofre punição do STJD por críticas à arbitragem e CBF

Bruno Spindel fez fortes declarações após empate do Flamengo com o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, pelo Brasileirão

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Bruno Spindel foi punido após declarações polêmicas

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu o diretor executivo do Flamengo, Bruno Spindel, nesta quinta-feira (13). O dirigente rubro-negro recebeu afastamento de 20 dias após reclamar da arbitragem em jogo contra o Bragantino, pela quinta Brasileirão.

Na partida em questão, o Flamengo reclamou da anulação da expulsão de Luan Cândido, do Bragantino, e de um possível pênalti não marcado em Luiz Araújo que foi ignorado pelo VAR. Na saída de campo, Bruno Spindel questionou as atitudes do dono da SAF do Botafogo, John Textor, que foca em divulgar manipulação de resultados no Brasileiro.

“Um presidente de um clube diz que tem roubo, que tem fraude, que tem manipulação. Outro diz que tem assalto. E jogo após jogo, os árbitros acuados vão prejudicando o Flamengo. A falta de critério é sempre contra o Flamengo. Eu não consigo achar que isso é normal, que não tenha algo por trás”, destacou, antes de finalizar.

“E quem grita mais, quem fala que tem roubo, que tem assalto, é que é beneficiado. Vamos ter que falar que tem roubo, que tem manipulação, que tem ordem de cima? Vamos ter que falar isso para respeitarem o Flamengo. A CBF tem que esclarecer. O que está acontecendo é um absurdo”, concluiu.

Publicidade

Súmula do jogo do Flamengo

Fora as declarações para reportagem da Globo, o árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva(Fifa/MG), inclusive, relatou na súmula da partida a seguinte declaração de Spindel:

“Informo ainda que após o término da partida o diretor de futebol da equipe do Flamengo-RJ, Sr. Bruno Spindel, proferiu as seguintes palavras para a equipe de arbitragem: ‘Tá de sacanagem com a gente, desde o jogo do Botafogo-RJ que o VAR prejudica a gente’”, destacou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.