Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Diretor do Flamengo detona arbitragem da semifinal

Bruno Spindel critica critérios e entende que árbitro deixou a desejar na parte disciplinar

Jogada 10|

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC (Jogada 10)

O Flamengo saiu na frente do Fluminense na disputa por uma vaga na final do Campeonato Carioca, mas a arbitragem foi assunto nos bastidores. Apesar da vitória por 2 a 0, neste sábado (9), que deixou o time com uma vantagem confortável para a volta, o diretor Bruno Spindel não aprovou a atuação do árbitro Yuri Elino. Afinal, o dirigente rubro-negro entende que houve falha na parte disciplinar.

Veja as últimas notícias do Flamengo!

“Nós entendemos que os árbitros têm que passar por um processo de amadurecimento e formação. Apoiamos a Ferj nesse sentido. Mas é importante pontuar, até pelos números de faltas, que são enganosos em relação aos cartões. Entendemos que ele foi muito mal na parte disciplinar. Arrascaeta sofreu três faltas parecidas com a que o Nico (De La Cruz) levou amarelo”, disse.

Bruno Spindel também considerou que houve uma “discrepância” nos critérios do árbitro. O dirigente concordou com a expulsão de Thiago Santos, do Fluminense, aos 18 minutos do segundo tempo, mas lamentou que o juiz precisou do auxílio do árbitro de vídeo para chegar a conclusão do cartão vermelho.

Publicidade

O Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 0 e abriu vantagem para o jogo de volta da semifinal. O Rubro-Negro pode empatar ou até perder por dois gols de diferença para chegar à final do Carioca. O Tricolor precisa vencer por três gols de diferença, já que o Fla tem a vantagem da igualdade no placar agregado.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.