Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Direção do Mineirão elogia nova gestão do Cruzeiro: ‘Mais leve e amigável’

Dono de 90% das ações da SAF do clube, Pedro Lourenço tem alinhado novos diálogos com gestores do estádio

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Felipe Camin/Jogada10

Após atritos recentes, Cruzeiro e Mineirão parecem retomar o caminho de paz. Enquanto na gestão de Ronaldo Fenômeno, a Raposa chegou a ficar afastada do estádio por desacordos contratuais, com Pedro Lourenço, o novo dono da SAF, tudo é diferente.

Diretor da Minas Arena, Samuel Lloyd admitiu que a relação com o clube, depois da entrada de Lourenço, melhorou consideravelmente em comparação à época do ex-jogador e explicou a diferença.

“Mudanças operacionais ainda não aconteceram. Temos um contrato com o Cruzeiro até o fim de 2026. O que nós percebemos de mudança é a interlocução. Ela é muito mais fluida, mais leve e amigável. O Pedrinho foi a pessoa que me ajudou. Eu procurei o Pedrinho, eu tinha um conflito com a equipe do Ronaldo. Conseguimos resolver boa parte do imbróglio. O Pedrinho já entendeu que pode ser um tesouro melhor esperado. É uma relação que vai crescer”, disse ele, em entrevista ao portal ‘ge’.

Publicidade

O contrato entre Cruzeiro e Minas Arena, nos moldes atuais, vai até dezembro de 2026. Novas conversas vão ocorrer somente após este vínculo. No entanto, Lloyd reconhece que a Raposa já terá retornos financeiros.

“Estes pleitos estão garantidos no contrato. Depende apenas de o Tribunal de Contas validar essa possibilidade, uma vez que parte da receita, com o sucesso no resultado, a gente abre mão da receita e precisa de uma validação do Poder Público e dos órgãos de controle. Esse contrato vigente já traz um modelo de compartilhamento deste sucesso no final desse ano da venda dos bares, estacionamento, patrocinadores, já traz este resultado para o Cruzeiro. A partir do segundo ano, em 2024, a gente já considera o compartilhamento de receitas”, salientou.

Publicidade

Novas pessoas fizeram bem

Na opinião do diretor da Minas Arena, empresa que administra o Mineirão, novas pessoas nos bastidores do Cruzeiro fizeram bem para o clube.

“O Pedro é muito acessível. É uma grande diferença que a gente tem. Uma conversa muito mais amigável, frequente. Não é preciso marcar uma reunião para conversar com o Pedro. A gente entende que o Cruzeiro está em um momento de mudar, de modificar cabeças. Acredito que as novas pessoas que estão ocupando espaços no Cruzeiro amam o clube e sabem o lugar em que o clube pode chegar”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.

<