Jogada 10 Diniz vive dilema sobre proposta de jogo do Fluminense no Mundial

Diniz vive dilema sobre proposta de jogo do Fluminense no Mundial

Devido ao poderio econômico e ofensivo do Manchester City, Fluminense pode atuar de uma forma mais reativa na próxima sexta-feira (...

Jogada 10
Foto: Divulgação / Fluminense

Foto: Divulgação / Fluminense

Jogada 10

O Fluminense subiu as linhas de marcação e imprimiu um estilo ofensivo diante do Al Ahly. No entanto, esta estratégica não deve ser repetida na final do Mundial de Clubes. Afinal, os jogadores do Manchester City são especialistas em furar pressões adversárias e atacar em velocidade.

Proposta do Fluminense 

Assim, Fernando Diniz deve repensar seus conceitos antes da final do Mundial. O técnico ficou conhecido por implementar formações agressivas e ofensivas nos últimos anos. Porém, é muito arriscado aplicar este modelo logo em cima do Manchester City, pois possibilita espaços para um dos principais clubes do futebol mundial.

Fluminense e Manchester City atuam com propostas bem parecidas. Afinal, os times gostam de trocar passes e não abdicam de atacar. No entanto, Guardiola conta com um elenco mais qualificado e diversificado ao seu dispor. Portanto, os jogadores tricolores devem abaixar as linhas e atuar de uma maneira mais reativa na decisão.

LEIA MAIS: Barcelona demonstra interesse em André, do Fluminense

A tendência é que Fernando Diniz não promova alterações na escalação. O time deve entrar em campo com Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Martinelli e Ganso; Arias, Keno e Cano. A expectativa é que John Kennedy entre no segundo tempo e consiga ser decisivo mais uma vez. O atacante atualmente é reserva, mas vem sendo um dos principais trunfos da equipe tricolor nesta temporada.

Aliás, Fluminense e Manchester City se enfrentam na próxima sexta-feira (22), às 15h, pela final do Mundial de Clubes. Assim, os jogadores tricolores vão em busca de mais um título inédito e histórico em 2023.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas